Nacional

Tarot deixa avisos para alguns signos! Veja as previsões para a semana de 12 a 18 de setembro

Veja as previsões do horóscopo para os diferentes signos, interpretadas por Vera Xavier LifeCoach & Tarot, para a semana de 12 a 18 de setembro.

LifeCoach & Tarot
  • 12 set, 15:55
Tarot
Tarot

CARNEIRO - Rei de Espadas

Buda ensinou-nos que sempre que estivermos num dos extremos, estamos fora da realidade.

Os Carneirinhos têm alguma tendência para caírem nestes extremos: ou estão eufóricos e otimistas ou estão apáticos e demasiado voltados para dentro. Dificilmente conseguem equilibrar a emoção e a razão. É verdade, não é?

Esta semana, o Rei de Espadas vem incutir-lhe racionalidade e lucidez. Se o Tarot o diz, é porque está, provavelmente, a precisar de uma dose extra destes atributos para lidar com a sua realidade ou alguma situação específica. Acredite no seu equilíbrio mental, na sua capacidade de discernir e na sua inteligência. A isso, acrescente um pouco de fé e vai ver que tudo correrá pelo melhor - para si.


Touro - Rei de Paus

"As flores não competem entre si, elas, simplesmente, florescem."

É provável que esta semana se sinta mais animada/o.

A Rainha de Paus transmite uma energia bonita e vitalidade que poderão ajudar a dar aquele impulso à sua vida que tanto quer dar. Pois, então, querer é poder.

É claro que mudar não é um processo simples, particularmente, se envolver terceiros. Por isso mesmo, talvez seja melhor começar esse processo sempre por nós próprios. Podemos começar por mudar os nossos hábitos, modos de pensar e, especialmente, os modos de agir/ reagir. Estamos cada vez mais destemperados, não estamos? Temos poucos filtros. É por isso que o ambiente está tão pesado… não é só, mas também. 

Se alguma coisa não está bem - no emprego, por exemplo - cabe a nós procurar alternativas, em vez de ficarmos durante anos a lamurrar-nos. Quer um projeto profissional melhor? Quer encontrar alguém especial? Orar ajuda? Sim, ajuda, mas não chega. É preciso agir em conformidade. Dá trabalho, sim, dá. Prefere ficar onde está?


Gémeos - 3 de Paus

Esta semana, poderá sentir que consegue conquistar tudinho. Espetáculo! Força interior e diligência não lhe faltarão. Portanto, não se acomode ao pouco ou ao medíocre e não deixe que a desmotivação tolde as suas capacidades naturais. Não se lembra quais são? Aqui deixo algumas: extrovertido, versátil, inteligente, curioso, charmoso, liberal. Pronto, não tem nada que agradecer. Para a semana, há mais mimo.

A vida quer-se condimentada e esse condimento vem da luta que imprimimos nos nossos sonhos e ideais. Arregace as mangas e lance-se ao trabalho. É capaz, sim!

No plano afetivo, o Tarot relembra que uma relação constrói-se a dois. Não fique à espera, qual princesa, que o príncipe suba o seu castelo. O Amor precisa de ser tratado, alimentado e nutrido…

Se ainda não encontrou a "tampa da sua panela", há possibilidades de ela estar mais próxima do que imagina. Levante os olhos, baixe as defesas e abra alas.

Resumindo: esta semana pode conseguir tudo. Atreva-se a querer tudo!


Caranguejo - Cavaleiro de Copas

"O entusiasmo é um vulcão em cuja cratera não cresce a relva da hesitação" (Kahlil Gibran)

Uma atração, um clima de paixão, um despertar de algo amoroso pode acontecer, esta semana.

O problema é acreditar que algo bonito pode acontecer consigo, não é? Ah, incerteza! E a insegurança, tão característica deste signo, que despreza oportunidades por puro medo?

Pede o oráculo, que se deixe seduzir pela vida. Nada sabe do futuro, por isso, simplesmente deixe o "destino" solto. Baixe as defesas para metade e apaixone-se… pela própria Vida.

Se não temos ninguém para amar, queixamo-nos; se aparece alguém, fugimos, porque podemos sofrer. Afinal, o que queremos? Ah e tal, quero paz! Queremos paz, mas confundimos paz com vida medíocre e vazia, certo?

Bom, fica a forte sugestão do Tarot para que ame, para que se divirta e viva sem restrições mentais que tanto a/o limita. 

No caso de surgirem dúvidas se deve confiar ou não em alguém, ouça a sua intuição, ela dar-lhe-á a resposta.


Leão - Rainha de Copas

"Amo a liberdade, por isso/ Deixo as coisas que amo livres... / Se elas voltarem é porque as conquistei.../ Se não voltarem é porque nunca as possuí" (John Lennon)

Não será esta a verdadeira essência do Amor? Amar o outro não será sinónimo de dar a liberdade que cada um deve ter? Dar é modo de dizer, nós não damos a liberdade, porque ela não nos pertence! Respeitar o tempo e espaço do outro, que podem ser diferentes dos nossos, é importantíssimo para que qualquer relação seja minimamente saudável. Aí, demonstramos respeito e confiança, características fundamentais para uma relação equilibrada. As cobranças, os testes, os interrogatórios são tremendos e acabam por matar os sentimentos, a confiança, o respeito. 

Ora, a rainha de Copas é um presságio de novos acontecimentos sentimentais. O Tarot pede que aceite as dádivas que a vida tem para lhe dar de coração aberto e tendo como premissa esta forma madura de amar. 


Virgem - Pajem de Copas

"Arrependo-me, muitas vezes, de ter falado, nunca de me ter calado." (Públio, em Sentenças)

O Pajem de Copas poderá trazer novidades acerca de amores. Venham elas! Será que vamos conhecer alguém interessante ou será que vai, simplesmente, começar a dar mais e mais valor a si própria/o? Isso é que era. 

A aceitação de nós próprios, o aceitarmos tal como somos, é algo que, raramente, nos passa pela mona (linda), mas o que é facto é que isto é deveras importante para sermos seres minimamente saudáveis da tola. Como é evidente, temos de nos aceitar com as nossas qualidades: as melhores e as que temos de trabalhar.

Bom, mas este pajem, este mensageiro também está ligado às tricas e mexericos, por isso, tenha especial atenção às conversas que tem nesta fase. Seja selectiva/o relativamente às amizades e aos colegas de trabalho. A melhor maneira de evitar essas questões é… falar menos e ignorar mais.


Balança - 2 de Espadas

"A paz não é um estado primitivo paradisíaco, nem uma forma de convivência regulada pelo acordo. A paz é algo que não conhecemos, que apenas buscamos e imaginamos. A paz é um ideal."  (Herman Hesse)

Os Balançinhas fogem dos confrontos, dos conflitos abertos e da confusão como o dito da cruz. É verdade.

Não por serem cobardes, nada disso, mas, sim, por acharem que o diálogo resolve todas as questões. Que bom senso denotam. Portanto, tenha em mente, nesta altura, esta sua característica e não caia na tentação de se envolver em teias. Às vezes, até acontece sem darmos conta. 

De qualquer forma, fica o alerta do oráculo que pode surgir um conflito ou uma escaramuça que irá tentar atormentar a sua paz d’alma, mas só entra nela se quiser.

Em casa, em particular, mantenha o equilíbrio para não abrir brechas a esta energia. 

O Tarot diz-lhe que tem desenvoltura mental suficiente para evitar essas potenciais batalhas


Escorpião - Cavaleiro de Espadas

Os nativos do signo Escorpião têm alguma tendência de piorarem o que já não está bem. Ou seja, se a vida corre bem, eles dão voltas e voltas até encontrarem qualquer coisa que faça com que a situação não seja assim tão boa. Isto é o que dá interiorizarem em excesso. A isto se chama processos de sabotagem. Está ciente dos seus processos de sabotagem?

Se a situação não é positiva, normalmente, o primeiro impulso é de se isolar, maldizendo a vida e eles próprios…

Conscientemente, sabem disto. E mais, acham que não conseguem alterar este comportamento, mas conseguem. Mais autossabotagem. 

Mesmo nas situações mais críticas, há sempre o bright side e é a esse que nos devemos agarrar. Pode ser? Vamos fazer isso, sermos mais positivos e corajosos?

Esta não é uma das melhores lâminas do Tarot, daí este discurso todo… É possível que surja alguma tempestadezinha. Encare-a com confiança e bravura de quem sabe que tudo passa e assim vencerá mais um obstáculo e crescerá mais um pouco.


Sagitário - 2 de Paus

"Nenhum de nós sabe o que existe e o que não existe. Vivemos de palavras. Vamos até à cova com palavras. Submetem-nos, subjugam-nos. Pesam toneladas, têm a espessura de montanhas. São as palavras que nos contêm, são as palavras que nos conduzem. Mas há momentos em que cada um redobra de proporções, há momentos em que a vida se me afigura iluminada por outra claridade. Há momentos em que cada um grita: 'Não vivi, não vivi, não vivi!' Há momentos em que nos deparamos com outra Figura Maior, que nos mete medo que nos pergunta: a vida é só isto?"

Este é um excerto do texto de Húmus, de Raul Brandão, que representa, na perfeição, esta lâmina… e a vida. 

O Tarot é muito claro. Ele diz: "Por favor, transforme as suas ideias em convicções e as suas convicções em ações. Não deixe a sua vida sem rumo. Tenha a coragem de viver o seu destino. E lembre-se de que nunca está sozinha/o. Nunca.

É essencial planearmos, estruturarmos os planos, sensata e firmemente, mas, após isso, devemos pô-los em prática e é agora. 

Há quem passe pela vida e fique apenas pela teoria, por medo, por inseguranças, traumas… Mas, então se não vivermos, o que é que levamos desta passagem?


Capricórnio - 2 de Copas

Vai apaixonar-se, esta semana? A tendência é essa, com esta linda lâmina a regê-lo. Esteja recetiva/o a novas amizades, a novos conhecimentos.

O 2 de Copas é uma das lâminas mais bonitas dos Arcanos menores que fala em romances, de inícios ou, eventualmente, de reconciliações. Se algo não está bem neste seu "departamento", esta lâmina diz que, com confiança, positividade, empatia e alguns gestos de ternura, a coisa resolve-se. Que tal oferecer um lindo ramo de flores? Costuma ajudar…

Há quanto tempo não faz uma surpresa bonita à pessoa que faz o seu coração bater mais rapidamente? Há quanto tempo não lhe diz que a ama? Se se sente carente, porque não lhe diz? Que mania que nós temos de achar que os outros têm de adivinhar as nossas necessidades! E, depois, ficamos tristes, porque eles não percebem! Isto é muito típico do ser humano.

Mostre que quer mimos.


Aquário - A Tentação

"Para alguns homens, as ilusões sobre as coisas que lhes interessam são tão necessárias quanto a vida." (Nicolas de Chamfort)

O forte deste arcano maior é a materialidade. Os projetos pouco ponderados e as soluções "instantâneas", não se preocupando muito com a forma como consegue atingir os objetivos são temas também desta poderosa lâmina. Será que, de alguma forma, está a ser precipitado ou, até, frívolo? Pensou bem nas consequências dos atos que está prestes a praticar? Se sim, vamos lá. Se não, pense novamente e com mais calma. 

A Tentação, ou o Diabo, fala sobre poder, paixão e todas as emoções extremadas. O que é que ele faz? Ele tenta seduzir-nos com todo tipo de truques e devaneios e os devaneios são maravilhosos, senão nem nos sentiríamos tentados. A questão é mesmo essa: as tentações são muito sedutoras e encantadoras. Será que está a cair em alguma?

O Arcano XV ensina-nos a usar o nosso próprio poder para conseguirmos as coisas mundanas/materiais que tanto desejamos, é certo, mas é preciso ter cuidado com o poder. A maioria de nós não tem maturidade para o ter ou para o manusear. É triste, mas é verdade. Lá diz o ditado: "Dá poder ao homem e o conhecerás." 

Resumindo e baralhando, ao longo da vida, aparecem oportunidades para nos desviar do caminho certo (as teias e armadilhas). Em última instância, a  opção é nossa, por, não nos podemos esquecer de que tudo tem repercussões.


Peixes - A Papisa

Quanto mais vivemos, mais responsabilidades vamos acumulando e apegos criamos. Chegamos a um determinado momento da nossa vida em que nos percebemos que vivemos muito mais para os outros do que para nós próprios. Isso transforma-se, naturalmente, no nosso quotidiano. É um caminho, muitas vezes, sem volta. 

Atenção, não há nada de errado em ajudarmos os outros, mas isso não pode ser uma fuga de nós mesmos, mas, por norma, é. Se analisarmos, com honestidade, chegamos a esta conclusão. Muita gente quer ajudar o próximo, porque não sabe o que fazer com a sua própria vida e ao ajudar sente-se útil, amada/o, etc.   

O nosso percurso nem sempre é como o idealizamos em crianças e adolescentes, quando ainda queremos mudar o mundo. Os desafios são mais do que muitos e os sonhos vão se dissipando lentamente, até perdemos a capacidade de sonhar.

Tudo o que foi dito até aqui é sinónimo de desistência, de abandonar a batalha a meio. Quando virmos o "filme" lá em cima, vamos ver que muitos de nós desistiram imediatamente, antes de atingirem os objetivos. Saber quando largar algo que já não nos faz bem é sinónimo de maturidade, contudo, desistir porque se está cansado ou porque não correu bem à primeira é fraqueza.

Mesmo naqueles momentos em que a "carga" parece pesada demais, temos de acreditar que Deus nunca nos dá mais do que conseguimos aguentar.

Temos de olhar à volta e perceber que, afinal, se nos compararmos a casos que conhecemos, até temos vários motivos de satisfação. 

Bom, vamos lá, desistir é um direito seu, é verdade, mas pense e repense e volte a pensar: é mesmo isso que quer?

Relacionados