urlvisit

Sónia Tavares faz confissão rara sobre a mãe: "Se não a visitar, ela está sozinha. Não tem ninguém"

Conta-me - Sónia Tavares
Sónia Tavares sobre a maternidade: "Sinto-me a pessoa mais frustrada do mundo, às vezes"
Sónia Tavares, vocalista dos The Gift, na Selfie
SELFIE SEM FILTROS convida Sónia Tavares

A cantora Sónia Tavares teve uma conversa emotiva com Manuel Luís Goucha, no programa "Conta-me".

Na emissão deste sábado, dia 23, do programa "Conta-me", Sónia Tavares, de 43 anos, falou sobre a vida pessoal e profissional.

A demência da mãe da cantora foi um dos temas abordados. Filha única, Sónia Tavares confessou que sempre foi uma "menina do papá", mas, mesmo assim, teve muitas mulheres de referência na sua vida. É o caso da avó, da tia e, também, da mãe que, atualmente, sofre de demência e já não reconhece a vocalista dos The Gift.

"Aquela pessoa não é a minha mãe, é outra pessoa. Como é que a minha mãe não se lembra de mim? Ensinou-me a maquilhar, aquelas coisas de miúda… e, agora, não se lembra de mim. É complicado. [...] Estou a perdê-la. Já a perdi. Sempre que a visito [na instituição, na qual a mãe se encontra internada], saio destroçada. Já não está neste mundo", começou por contar Sónia Tavares.

Este problema de saúde da mãe contribuiu para que a artista ficasse mais atenta à forma como os mais idosos são tratados: "Ser velho é uma coisa muito chata. Eu sei que há países em que os velhos são muito bem tratados, mas, em Portugal, não é isso o que acontece... Eu não tinha noção das coisas. Nunca tinha entrado num lar. E consigo perceber que, se eu não for lá, a minha mãe está sozinha, não tem ninguém. Isso assusta-me muito."

"Assusta-me que, um dia, o meu filho não tenha amor suficiente para querer cuidar de mim", concluiu Sónia Tavares, referindo-se a Fausto, de oito anos, fruto do casamento com o músico Fernando Ribeiro.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista de Sónia Tavares, no programa "Conta-me".