Ricardo Carriço fala sobre regresso às novelas da TVI: "A personagem que andava a pedir há uns tempos"

Ricardo Carriço: «Era o personagem que andava a pedir há uns tempos»
Ricardo Carriço recorda amizade de 35 anos com Pedro Lima
Ricardo Carriço: «A representação é terapêutica»
Ricardo Carriço: «Sou um piegas de lágrima fácil»
Objetos da vida de Ricardo Carriço

O ator Ricardo Carriço mostrou-se bastante entusiasmado com o desafio na novela "Amar Demais".

Nesta segunda-feira, dia 6, Ricardo Carriço foi convidado do programa "A Tarde é Sua". Numa conversa descontraída com Fátima Lopes, o ator, de 55 anos, começou por falar sobre o mais recente desafio na área da representação: interpretar a personagem Gabriel Villanova, inicialmente atribuída ao ator Pedro Lima, na novela "Amar Demais".

"Sinto-me muito bem com este novo desafio. Na verdade, já havia um 'namoro' entre mim e a Maria João Costa [autora da novela]. E, de repente, aconteceu esta situação [falecimento de Pedro Lima], que proporcionou esta aproximação e eu aceitei logo, obviamente. Sabia que era um papel interessante", explicou Ricardo Carriço.

O artista aproveitou para recordar Pedro Lima, com quem tinha uma amizade de 32 anos: "Na primeira vez em que estive com o Pedro, encontrava-me a fazer uma transição de modelo para ator. Já tinha feito alguns trabalhos, já tinha feito o 'Claxon' e 'A Grande Mentira' [séries para a RTP]... Nesse período, trabalhei como relações públicas num bar do Bairro Alto e há um dia em que alguém me diz que tinha um amigo que era desportista e que, entretanto, queria ser manequim. Fomos apresentados e eu recordo-me perfeitamente de ver o Pedro pela primeira vez. Depois de falarmos um pouco, telefonei logo para o Tó Romano, que tinha fundado há pouco tempo a Central Models [uma agência de modelos], que era ali ao pé e disse para ele descer para conhecê-lo. Foi assim que ele começou.".

Ricardo Carriço ainda teceu elogios ao papel na novela "Amar Demais": "É uma personagem que tem um lado um pouco perverso e mais não posso dizer. Era o personagem que andava a pedir há uns tempos, apareceu-me e eu agarrei-o com unhas e dentes. Agarrei-o pelo convite que me fizeram, por quem deixou o papel e eu estou a ficar apaixonado pela personagem.".

Veja, agora, os vídeos da entrevista de Ricardo Carriço a Fátima Lopes.