Internacional

Jubileu. Príncipe Carlos elogia a mãe, rainha Isabel II: "Ris e choras connosco"

O príncipe Carlos elogiou, no passado sábado, dia 4, a mãe, a rainha Isabel II, pelos 70 anos de reinado ao serviço dos britânicos, num discurso no concerto do Jubileu de Platina da monarca, em Londres.

Com Lusa

Perante cerca de 20.000 pessoas que se reuniram junto ao Palácio de Buckingham, em Londres, para festejar os 70 anos de reinado de Isabel II, o príncipe de Gales afirmou que o que motiva a rainha a levantar-se todos os dias é a população britânica.

"Ris e choras connosco e, mais importante do que isso, tens estado presente por nós, ao longo destes 70 anos", afirmou o príncipe Carlos, de 73 anos, herdeiro da coroa britânica, dirigindo-se à rainha como "mãezinha".

Além do príncipe Carlos, também o neto da rainha, o príncipe William, de 40 anos, segundo na linha de sucessão, discursou na cerimónia, focando-se na crise climática e nos esforços dos ambientalistas em proteger o planeta.

O príncipe disse que o combate às alterações climáticas é, atualmente, uma prioridade dos governos de todo o mundo e também da monarca.

O terceiro de quatro dias para assinalar os 70 anos de reinado de Isabel II contou com atuações de vários artistas, entre os quais os Queen, Duran Duran, Rod Stewart, Andrew Lloyd Webber e Elton John.

A rainha, de 96 anos, não compareceu por problemas de mobilidade, mas apareceu num pequeno vídeo de humor, previamente gravado e transmitido na abertura da cerimónia, no qual surge a tomar chá, no Palácio de Buckingham, com o Urso Paddington, famosa personagem da literatura infantil, criada pelo escritor Michael Bond.

Na assistência ao espetáculo, que contou ainda com momentos de dança e projeção de imagens na fachada do palácio, estiveram vários membros da família real britânica e figuras da política britânica, nomeadamente do primeiro-ministro, Boris Johnson.

Os festejos que assinalam os 70 anos de reinado de Isabel II começaram quinta-feira e prolongam-se até domingo.

Relacionados