Internacional

Meghan Markle diz que Kate Middleton a fez chorar antes do casamento real

A Duquesa de Sussex contou a Oprah Winfrey que, ao contrário do que foi noticiado, foi a cunhada que a fez chorar antes do casamento real, em 2018.

Durante a aguardada transmissão da entrevista concedida pelos Duques de Sussex à apresentadora de televisão Oprah Winfrey, Meghan Markle teceu críticas à falta de apoio que teve por parte da família real, sem atacar pessoalmente qualquer membro da realeza.

A ex-atriz, de 39 anos, denunciou uma "verdadeira campanha de difamação" por parte da instituição real e disse que, ao contrário do que tinha sido noticiado na imprensa britânica, não foi ela que fez chorar Kate Middleton, na semana antes do casamento real.

Segundo Meghan Markle, foi a cunhada que a deixou em lágrimas, poucos dias antes de a ex-atriz subir ao altar com o príncipe Harry, em 2018.

"Foi uma semana muito difícil a do casamento e ela [Kate Middleton] estava aborrecida com qualquer coisa. Mas ela assumiu o erro e pediu desculpa", explicou a Duquesa de Sussex, antes de sublinhar: "Ela fez o que eu faria se magoasse alguém: assumiu a responsabilidade."

Meghan Markle contou, também, que a situação estava relacionada com os vestidos das meninas das flores no casamento e que, embora a questão entre as duquesas tenha sido resolvida, a parte mais dolorosa foi ver como a comunicação social reagiu, invertendo a culpa. "Nunca quis que isto fosse revelado, mesmo que tivesse acontecido. Fiz tudo para que não fosse revelado", sublinhou.

A Duquesa de Sussex lamentou, ainda, que, na altura, a monarquia a tenha impedido de fazer um esclarecimento: "Acho muito importante que as pessoas entendam a verdade. Mas, também, acho que muito daquilo que foi alimentado pelos media, [...] muito do que vi acontecer é essa ideia de polaridade, na qual, para gostar de mim, não é preciso odiá-la. Se gostam dela, não têm de me odiar."

Relacionados