TVI

Psicóloga Teresa Paula Marques sobre Marie: "O que acontecerá a esta jovem mulher, após o 'Big Brother Famosos'?"

Maria Manuela ou Marie? Será decerto a primeira vez que um reality show tem como concorrente a "personagem" e não a pessoa.

Psicóloga Doutorada em Psicologia
  • 6 abr, 11:44
Teresa Paula Marques
Teresa Paula Marques

Curiosamente, tal não foi permitido a Pedro Pico, que como Teresa Al Dente ter-se-ia, seguramente, mantido muito mais tempo em antena.

Marie, habituada a ter sucesso no mundo digital, aplicou a mesma receita ao pequeno ecrã. Com uma imagem invulgarmente exuberante, facilmente cativou miúdos e graúdos.

A história de Maria Manuela é marcada pela depressão, ideação suicida, consumo de drogas, má relação com os pais e rejeição dos seus pares. O mundo offline tornou-se um lugar hostil e empurrou-a para o online. À medida que a popularidade de Marie ia crescendo nas redes sociais (a ponto de contar com mais de meio milhão de seguidores), Maria Manuela, progressivamente, deixava de existir, dando lugar ao seu Alter-Ego.

Manuela podia ser um fracasso, mas Marie tinha sucesso, ainda que o êxito estivesse circunscrito aos ambientes mediados pelos ecrãs, não ao quotidiano. É nessa qualidade que surge o convite para o "Big Brother Famosos".

De imediato, os outros concorrentes lhe acharam piada e passaram a relevar as suas atitudes. Em alguns, até despertou um sentimento de proteção, por acreditarem tratar-se de uma personagem ingénua, uma fada saída de um livro infantil. Todos os que de algum modo contestaram as suas ideias, foram imediatamente apelidados de preconceituosos e, por conseguinte, arrasados nas redes sociais. Posto isto, os habitantes da casa, rapidamente, perceberam que o melhor era não se expressarem sobre esta temática.

A Marie tudo passou a ser permitido e desvalorizado e, com este tipo de comportamento, replicou-se a bolha virtual onde Marie aprendeu a viver. Posto isto, enquanto técnica de saúde mental, não posso deixar de expressar a minha preocupação por esta jovem mulher que, aos vinte anos, vive num mundo de fantasia, onde se rege pelas suas próprias regras.

O grande número de seguidores e agora de fãs,  podem dar-lhe a ideia de que tem muitos amigos. Erro crasso! Vários estudos já alertaram para a enorme solidão que atinge as pessoas que apostam em relações estritamente digitais, tendo em conta que estas dão a ilusão de uma companhia, que, afinal de contas, não existe para além do ecrã.

Marie certamente manter-se-á até ao fim do "Big Brother Famosos" e, depois, será "atirada" para o mundo real, ou seja, para o lugar onde, até agora, não se conseguiu adaptar.

Se a maioria dos ex-concorrentes refere ter passado por momentos difíceis após o programa, o que acontecerá a esta jovem mulher que, aparentemente, apenas sabe estar online e não aprendeu a viver offline? Espero que a produção tenha isto em conta e lhe proporcione o necessário apoio, pois vai precisar… e muito!

Teresa Paula Marques
Psicóloga Doutorada em Psicologia

Relacionados