urlvisit
EXCLUSIVO

Manuel Luís Goucha fala sobre novo programa: "É um luxo em televisão"

Manuel Luís Goucha sobre novo programa: "Gostaria que passassem, por aqui, figuras polémicas"
No Alentejo, Manuel Luís Goucha celebra "sorte grande"
Os looks de Manuel Luís Goucha
A coleção de sobretudos de Manuel Luís Goucha
Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira na SELFIE

Numa entrevista exclusiva à SELFIE, o apresentador Manuel Luís Goucha fez um balanço da emissão de estreia do talk show "Goucha".

Após a estreia de "Goucha", o novo programa das tardes da TVI, Manuel Luís Goucha contou, numa entrevista exclusiva à SELFIE, que se sentiu ansioso, na primeira emissão do talk show.

"Estava, sobretudo, ansioso para que acontecesse o primeiro, porque é um registo novo, há uma respiração nova neste programa e, portanto, essa respiração eu tinha que a tomar, que a ter, porque, agora, já sei… Além disso, não houve ensaio e tinha que me movimentar neste estúdio. Mas acabou por ser tranquilo. Agora, realmente, não dá para descansar, porque há outro [programa] para preparar, isto é diário, mas há uma outra segurança, certamente, que, hoje, não a teria", explicou o apresentador, de 66 anos.

Manuel Luís Goucha teceu, ainda, elogios aos cenários, tanto do novo programa da tarde, como do talk show da manhã da TVI, "Dois às 10": "Gosto muito dos dois cenários, até acho que eles, sendo diferentes, se ligam. Se houver necessidade, um dia, de fazer um direto de muitas horas, como já, por vezes, acontece, acho que os dois e as duas linguagens cénicas se interligam. Acho maravilhoso o cenário da manhã, como cenário luminoso, para dar luz na casa das pessoas. Quanto a este cenário [da tarde], acho que é mais aconchegante, muito elegante e sofisticado, acho que tem muito a ver comigo. Eu fico bem em qualquer cenário, mas neste, particularmente, fico bem [risos]. Tem dourados!."

Para o apresentador, "Goucha" é um "luxo em televisão", por permitir que haja conversas com tempo. E sobre os mais diferentes temas: "Gostaria muito, e também sei que é vontade da direção, nomeadamente da Cristina [Ferreira, Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI], que este fosse o grande espaço da TVI, na área do entretenimento, na área do daytime, que fosse o espaço de conversa. Aqui, as pessoas podem vir conversar, são escutadas com atenção, mas, aqui, também, se conversa sobre coisas duras, coisas polémicas. Gostaria que passassem por aqui figuras da nossa sociedade que são polémicas, com as quais não concordamos. Não tenho que concordar ou discordar, mas tenho que colocar questões que são incómodas para alguns convidados e, por isso, é frente-a-frente, é olhos nos olhos. É o que vai acontecer com os candidatos presidenciais."

"Depois, há histórias com anónimos, que são histórias de superação… Isso foi uma coisa que pedi à minha equipa, quero sempre histórias que sejam uma fonte de inspiração. Podem ter tido um drama, mas já deram a volta. A vida ensinou alguma coisa… É uma pergunta que vou fazer muito: "O que é que a vida já lhe ensinou?". E, depois, vamos ter momentos, como, por exemplo, a tertúlia de mulheres, em que são abordados temas femininos que não se discutem em televisão. Como é que é possível, no século XXI, não se falar, em televisão, de menstruação e da primeira menstruação? Mas, tendo um homem, tendo um homem com cara horrorizada. E vai haver mais novidades, vai haver um espaço de culinária que também vai surpreender... E por aí fora", prometeu o comunicador.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista exclusiva de Manuel Luís Goucha à SELFIE.