urlvisit

"Sociopata" e "narcisista": irmã de Meghan Markle faz duras acusações

Meghan Markle acusada de bullying por antigos funcionários da realeza
Meghan Markle: 39 anos, 39 looks inesquecíveis

Samantha Markle reagiu à entrevista que a meia-irmã, Meghan Markle, concedeu a Oprah Winfrey e fez revelações surpreendentes.

Após as inconfidências de Meghan Markle e do príncipe Harry a Oprah Winfrey, a meia-irmã da ex-atriz concedeu, em primeira instância, declarações ao "Australian Radio Show" e, em seguida, à publicação Inside Edition. Em ambas as entrevistas, Samantha Markle acusou a meia-irmã de ter um comportamento "sociopata", chegando mesmo a falar em "delírio" e refutando as acusações da mulher de Harry com algumas provas.

"Vejo um distúrbio de personalidade narcisistaNão estou a diagnosticá-la. Ela precisa de ver um especialista. [...] Há fotografias [nossas] por toda a imprensa. Ela não era filha única. Há fotografias [nossas] em várias fases da vida. [...] Claramente, dizer que foi criada como filha única é um delírio", disse Samantha Markle, após Meghan Markle afirmar que não via a irmã, há cerca de duas décadas, e que "mal a conhecia", alegando ter sido "criada como filha única".

"Quando as coisas não são como ela quer, ela exclui as pessoas da vida dela. Já no liceu era assim", recordou.

"Vou dizer sociopatia, sim. [...] Tenho pena do Harry. Ela afastou-o da família, dos amigos, da vida que ele conhecia. Ele faz-me lembrar uma daquelas vítimas de rapto que começam a acreditar que a vida delas era tão horrível que se apaixonam pelo raptor", acrescentou, ainda.

Sobre as acusações de ter alterado o apelido, logo após Meghan Marke e Harry começarem o relacionamento, Samantha Markle mostrou documentos e frisou: "Tinha Markle no nome, antes dela, por isso é estranho ela dizer que coloquei o apelido, assim que ela começou a namorar com o Harry. Markle sempre foi o meu nome".