SIC

Daniel Souza, ex-marido de Luciana Abreu, condenado a dois anos de prisão

Foi conhecida a sentença de Daniel Souza, ex-marido de Luciana Abreu, que era acusado do crime de violência doméstica contra a atriz.

O guia turístico foi condenado, pelo Tribunal de Cascais, na quarta-feira, 1 de junho, a dois anos e dois meses de prisão pelo crime de violência doméstica, com pena suspensa. 

O juiz  Rui Pedro Luís considerou, ainda, que Daniel Souza não se pode aproximar de Luciana Abreu durante dois anos, exceto para tratar de algum assunto relacionado com as filhas que o ex-casal tem em comum: as gémeas Amoor e Valentine, de quatro anos.

O juiz considerou, também, provado que Daniel Souza empurrou a atriz contra a porta da cozinha, causando-lhe um hematoma, durante uma discussão.

Além desse episódio de violência, ficaram ainda provadas outras situações de agressões e coações até ao divórcio do casal, em 2019. 

De acordo com a sentença, não ficaram provadas as acusações de que Daniel Souza terá forçado Luciana Abreu a ter relações sexuais "violentas", bem como de que teria praticado atos sexuais com a atriz inconsciente.

De acordo com o JN, no fim da leitura da sentença, Luciana Abreu chorou na sala de audiências. O arguido assistiu à leitura da sentença por videoconferência.

Agora, o ex-marido de Luciana Abreu vai ter de cumprir um programa de prevenção de violência doméstica dos Serviços Prisionais e será monitorizado à distância, além de ter sido condenado a pagar à atriz três mil euros de indemnização por danos morais, mais os juros de mora.

Relacionados