SELFIE SMILE

Será que tenho bruxismo? Conheça as causas e o tratamento

Prof. Doutor João Espírito Santo
Médico Dentista
João Espírito Santo

Na rubrica SELFIE SMILE, o professor doutor João Espírito Santo aborda o tema do bruxismo, usualmente designado por "ranger de dentes", desde as causas e sintomas, ao diagnóstico e tratamento.

O que é bruxismo?

O bruxismo é um movimento involuntário ou inconsciente que se caracteriza pela ação de ranger os dentes. Este hábito involuntário acontece, normalmente,  durante o sono. Os pacientes pressionam a mandíbula com força excessiva, provocando, assim, o desgaste dos dentes.

Quais as causas?

Os motivos pelos quais o paciente sofre de bruxismo, usualmente designado por "ranger de dentes", nem sempre são claros. Geralmente, os factores de risco são o stress, a ansiedade ou os distúrbios do sono. Em alguns casos, a ingestão de certos tipos de medicamentos, normalmente antidepressivos, pode desencadear reações deste género. Outros fatores que podem aumentar a probabilidade de ranger os dentes são o consumo de drogas ou o consumo exagerado de álcool e café.

Quais os sintomas?

Os principais sintomas do bruxismo são: dores de cabeça; desconforto na articulação temporomandibular; dores no maxilar, no pescoço ou na face; rigidez dos ombros; limitação dos movimentos de abertura da boca ou perturbações do sono.

Como se diagnostica o bruxismo?

O seu médico dentista é capaz de reconhecer os sinais que indicam que sofre de bruxismo, tais como desgaste irregular dos dentes, fissuras ou fraturas e sensibilidade nos músculos da face. Para confirmar este diagnóstico, pode ser feito um estudo do sono, de forma a complementar a informação recolhida.

Como se trata o bruxismo?

Os efeitos do bruxismo podem ser minimizados com o uso de uma goteira de miorrelaxamento, que previne o desgate dos dentes e reduz a atividade muscular, no entanto, deve sempre descobrir-se as principais causas, de forma a tratar a doença.

Prof. Doutor João Espírito Santo
Médico Dentista