SELFIE SMILE

Prof. Dr. João Espírito Santo esclarece todas as dúvidas sobre implantes, aparelhos dentários e branqueamentos

Prof. Doutor João Espírito Santo
Médico Dentista
Qual é a possibilidade de me tratar em apenas uma semana?
É possível colocar dentes em apenas um dia?
Como saber se posso usar aparelho invisível?
Devo retirar os dentes do siso?
Quando devo realizar um branqueamento dentário?
A partir de que idade devo levar o meu filho ao dentista?
Tenho 98 anos e gostava de ter dentes fixos. É possível?

No âmbito da rubrica Selfie SMILE, o médico dentista Prof. Doutor João Espírito Santo esclareceu algumas dúvidas e respondeu a todas as questões dos nossos leitores, em direto, no Facebook da Selfie. Implantes dentários, aparelhos invisíveis ou branqueamento foram apenas alguns dos temas abordados.

Em relação há possibilidade de realizar um tratamento em apenas uma semana, ou até em um dia, o médico dentista esclarece que tudo deve ser analisado caso a caso e que tal nem sempre é possível. "Os médicos dentistas devem explicar que não vale a pena fazer tratamentos rápidos, tem de ser é eficaz. [...] Os tratamentos feitos com planeamento têm mais êxito", esclareceu.

O mesmo acontece em relação a "colocar dentes num dia", algo que é possível, mas com a devida planificação e explicação sobre o tratamento que vai ser executado: "O importante não é a estética, mas dar saúde e que o tratamento perdure no tempo." Contudo, conforme explicou é essencial que o paciente "mude hábitos de higiene oral, ou na sua dieta". 

E a colocação de implantes pode ser realizada em qualquer idade, mesmo com 98 anos, caso de um dos seguidores que participou no live chat. "Pode colocar dentes quando o bem entender", defendeu o médico dentista que refere que o que importa avaliar é o estado de saúde oral do paciente.

Outra das questões colocadas está relacionada com o uso de aparelhos dentários invisíveis. Neste caso, mais uma vez, terá de ser o médico dentista a decidir se esta técnica é a mais indicada para o caso clínico em questão. 

Uma outra seguidora da Selfie perguntou se devia retirar os dentes do siso, ao que o médico dentista respondeu que o pode fazer, mas que há que fazer a avaliação sobre a melhor forma para fazer a extração, pois é necessário perceber se há necessidade de uso de antibiótico prévio. "Os dentes do siso têm indicação de extração sempre que não estão em função na boca, quando criam processo inflamatório ou têm um comprometimento anatómico", afirmou o Prof. Dr. João Espírito Santo.

Já em relação ao branqueamento dentário, o especialista adverte que este só deve ser realizado quando há boa higiene oral, sem cáries. "Importa referir que os branqueamentos têm uma validade. Se continuarmos a fumar, consumir taínas, corantes e conservantes, leva-nos a não conseguir estar com os dentes claros mais tempo", referiu o médico dentista.

O Prof. Dr. João Espírito Santo ajudou, também, a perceber a partir de que idade se deve levar as crianças ao médico dentista. "Sou da opinião que, quando levamos os nossos filhos aos pediatra também os devemos levar ao médico dentista", começou por afirmar, antes de frisar: "Todas as crianças se alimentam pela boca."

Cabe aqui aos pais a função de higienizar toda cavidade oral - dentes, gengivas e língua -, após a ingestão de alimentos. "Não vale a pena sermos displicentes com a dentição de leite, porque a dentição permanente é afetada", reiterou o médico dentista. 

  
Prof. Doutor João Espírito Santo
Médico Dentista