urlvisit
SELFIE TAROT

Horóscopo: saiba o que lhe reserva o Tarot para esta semana (20 a 26 de setembro)

Vera Xavier
LifeCoach & Tarot

Veja as previsões do horóscopo para os diferentes signos, interpretadas por Vera Xavier LifeCoach & Tarot, para a semana de 20 a 26 de setembro.

Carneiro - Rainha de Copas

Todos os tipos de laços afetivos sofrem crises. É natural, a convivência provoca desgaste.

Nos casamentos, temos a famosa crise dos sete anos, depois, a dos dez, a dos 15… Bom, agora, também temos as dos três meses, dos seis… Comemorar um ano de casamento/ajuntamento é, por si só, motivo de festejo.

Será que este fenómeno tem só a ver com a emancipação da mulher? Não, talvez tenha mais a ver com o fator desistência.

Vivemos num mundo cheio de facilidades, onde trocar de parceiro, de emprego ou de carro é, mais ou menos, a mesma coisa.

A maneira como se acabam os relacionamentos é desumana e cobarde. Ghosting. Esta designação foi criada para definir as relações terminadas, sem haver qualquer explicação. A pessoa desaparece, sem deixar rasto, sem fechar esse capítulo. Isto é muitíssimo doloroso para quem fica com esta situação nos braços.

Mas que o amor existe, existe e existirá, sempre. Existe, para ser vivido pelos mais corajosos, existe, para ser experimentado e partilhado. Pobres daqueles que passam a vida a fugir dele, o que será que vão contar aos netos?

Sim, não é fácil amar, requer cedências, sacrifícios, momentos de dor, de tristeza, até de desespero, mas há também a partilha, o companheirismo, o apoio, o respeito… Se sente amor, se, ainda, sente amor, lute (desde que ainda haja respeito, de outra forma já não é amor), lute e lute, mais um pouco! Se há algo por que vale a pena lutar, deve ser por este sentimento sublime.

Se sente que as suas emoções estão num turbilhão, retire-se e fique só, por algum tempo. Use a sua mente racional para contrabalançar esta fase emotiva, para fazer as suas escolhas e restabelecer alguma ordem na sua vida.

Do caos, nasce a luz.

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Touro - 8 de Ouros

"A única alegria neste mundo é a de começar. É bonito viver, porque viver é começar, sempre, a cada instante. Quando esta sensação desaparece, deseja-se morrer". (César Pavese)

Há momentos em que nos falham as forças para avançar, quanto mais para recomeçar. Eu sei, e está tudo bem. É sempre bom ter em mente que somos humanos e, como tal, temos fragilidades. Mais ainda, é preciso ter consciência delas e respeitá-las. Como as respeitamos? Tendo noção delas e, se for possível, cuidar, sanando-as.

Tal como nos ensinam na escola a resolver problemas de matemática, assim faz a vida. Ela coloca-nos obstáculos, para que nos tornemos mais maduros, do ponto de vista espiritual.

Arriscar faz parte do verbo "viver".

O 8 de Ouros está ligado a inícios de projetos, sejam eles românticos ou não. Seja o que for, tenha em mente que os inícios são, sempre, as fases mais frágeis. Tenha em mente, também, que a delicadeza e o respeito fazem parte da equação. Pois é, se permitir, algo poderá nascer, em breve.

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Gémeos - A Tentação

O teu melhor professor é o teu último erro.

Assim como agir sempre da mesma forma e esperar resultados diferentes é uma boa definição para loucura.

A nossa formatação é danada. Qual é a nossa formatação? É a forma como fomos educados, é aquilo em que acreditamos, é aquilo em que nos fomos tornando, etc.

Nada disto somos nós, na realidade. Nós somos a camada que está lá no fundo dessa tralha toda. Nós não somos o que pensamos e não somos o que sentimos. Tudo isto são camadas e camadas da educação, do meio ambiente, das vivências, das memórias - mais ou menos traumáticas. Isto é o que nos compõe. Isto é a nossa máscara ou a persona que criámos para subsistir às provações.

No fundo disto tudo, há um ser bonito, alegre e bastante mais inteligente que não consegue vir à superfície, tal é a nossa incapacidade de deitar fora o que não interessa. São "tesourinhos" que guardamos como se fossem relíquias preciosas…  O ser humano é, de facto, muito complexo e fascinante.

Bom, voltando ao Oráculo, a Tentação ou o Diabo refere-se, muitas vezes, aos nossos vícios, sejam eles do corpo ou da mente - lá está, vícios mentais, tais como 'eu não consigo' e 'eu não mereço'.

Cada vez que reconhecemos em nós um ponto fraco, devemos corrigi-lo - aliás, temos o dever moral e social de o fazer - e não seguir o caminho mais fácil que é assobiar para o lado e continuar.

"Todas as paixões do corpo são vis. As da mente, que são vis, tornam-se verdadeiros cancros: a inveja, etc., etc. A cobardia é tão vil que deve ser comum a ambos". (Autor desconhecido)

O Tarot pede que fique atenta/o a todo tipo de apegos e dependências, sejam eles físicos, emocionais ou mentais. Algo pode estar a escurecer a sua alma… e nós não queremos isso!

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Caranguejo - O Louco

Dostoievski disse que, quando o Homem descobrisse uma fórmula para todos os desejos e caprichos, ele automaticamente deixaria de os ter. Mas até atingirmos o estágio em que já não temos desejos, temos muito que pedalar, tendo em conta que cada vez temos mais e cada vez mais são desejos materialistas...

O Louco prevê uma fase de possibilidades/oportunidades infinitas que poderão trazer consigo momentos de escolhas difíceis de gerir. Para quem tem a mania do controlo, isto é tremendo, para quem é livre, ter várias possibilidades é uma alegria, é uma aventura. A maioria de nós detesta aventura, verdade?

Está na hora de exercer o seu direito de liberdade e de escolha com harmonia.

A harmonia é a cola que nos torna realizados.

Ora, a sua escolha seja racional, emocional ou intuitiva, deve transmitir-lhe bem-estar. Deve fazê-lo sorrir. Deve, se possível, sentir um aperto no peito.

O caminho escolhido, seja ele qual for, deverá surgir de uma escolha lúcida e serena.

Por outro lado, este Arcano aconselha-o/a a ponderar acerca da sua estratégia atual. Será que não deve mudar? E porque não? Está a agir por si e para os seus ou está a agir, segundo opiniões alheias?

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Leão - Rei de Copas

Diz comigo, alma bonita: é tempo de ser feliz, novamente!

Assim sendo, vamos trabalhar nesse sentido. Ah e tal, como é que isso se faz? Será que não tem mesmo nenhuma ideia de como pode fazê-lo? Acho que tem.

Procrastinação. Este palavrão é um dos nossos piores obstáculos. 'Depois faço/resolvo'. Isto é, almas bonitas, procrastinar. O tempo vai passando e a malta vai arranjando desculpas para adiar o inevitável. Pois, mas isto é também autossabotagem.

Por incrível que pareça, nós temos medo de tudo: temos medo de amar e temos medo da solidão. Temos medo do fracasso, mas, também, temos pavor do sucesso. Temos medo da alegria, porque ela acaba. Temos medo da morte, logo, temos medo da vida.

O Rei de Copas pede que trate bem de si e de todos os outros.

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Virgem - 6 de Ouros

"O latim generosus designa o homem ou animal que é de boa raça. Portanto, 'generoso' é, antes de tudo, aquele que é de raça nobre e, no sentido figurado ou moral, aquele que demonstra grandeza de alma".

O que é que o ser humano tem de melhor? Teoricamente, temos o livre-arbítrio e domínio sobre a nossa vontade. Tão, mas tão discutível.

Só pelas nossas escolhas e ações poderemos ser louvados ou censurados pelo Cosmos/ Deus/ a Força/ Logos/ Grande Arquiteto, sim, porque, aqui, na Terra, poucos são os que podem ou conseguem fazê-lo com isenção. Por norma, os elogios ou as críticas estão contaminados com sentimentos superiores ou inferiores.

Um sentimento superior - generosidade.

Um sentimento inferior -  inveja.

O livre-arbítrio faz de nós pequenos deuses, potencialmente, donos do nosso próprio destino.

Um ser generoso é aquele que faz bom uso destas "armas" e que nunca desiste de fazer o que acha correto, independentemente do facto de poder estar a remar contra a maré - leia-se sociedade.

O 6 de Ouros fala disto mesmo, da generosidade. Da generosidade para consigo e para com a sua tribo. Nota importante: na nossa tribo, está incluída aquelas pessoas de que nós não gostamos.  Ah, que desafio maravilhoso!

O que prefere? O que a/o faz sentir melhor:

Ajudar quem lhe fez mal?

Dar o golpe de misericórdia, quando essa pessoa estiver em baixo?

O que acha que a/o aproxima mais de uma vida serena e saudável?

Seja diferente do "rebanho", porque a generosidade faz brilhar a sua estrela.

Estrela vs. buraco negro?     

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Balança - Rainha de Ouros

A Rainha de Ouros é generosa e maternal, às vezes, exagera um pouco no controlo, mas fá-lo com a melhor das intenções.

Ela acaba por nunca descansar e relaxar, porque anda sempre preocupada com o bem-estar dos outros… Mas isto é sintomático de que algo não está bem com ela. Mais uma forma de autossabotagem.

Por que razão é que não se dá importância? Por que razão é que há uma tentaçãozinha de desistir de si mesma/o (metafórica e espiritualmente falando)?

Vemos, muitas vezes, este arquétipo nas mães e elas viram-no nas avós e por aí fora. Isto é ancestral, sim, mas a Era de Aquário traz o desafio de quebrarmos com todos esses padrões que tanto mal nos fazem.

Não temos de ser assim ou de vir a ser assim.

Tudo no seu devido espaço: o meu espaço, o teu espaço e o nosso espaço.

Cabemos todos neste ecossistema e todos somos equitativamente importantes.

O conselho para esta semana é: quando chegar a casa, dispa a indumentária de mulher/homem trabalhador/a e lutador/a e dedique-se à família, de corpo e alma. Para isso, basta que reorganize a sua agenda e não deixe que nenhum dos campos se atropelem. Consegue-se, sim.

***

Já me acompanha no Instagram

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Escorpião - O Eremita

"A solidão advém, mais vezes, do facto de não conseguirmos comunicar o que é importante para nós do que da quantidade de pessoas que temos ou não à nossa volta". (Carl Jung)

É inexplicável a dor que a solidão provoca.

Será ela um bicho de sete cabeças que a maioria acha que é?

Por que razão é que temos tanto medo dela?

Mais, por que razão é que não gostamos da nossa companhia?

Sentir solidão é uma forma distorcida de declarar que não gostamos da nossa companhia. Mas porquê?

Solidão + Silêncio = Medussa e Górdonas

De volta ao Eremita.

Uma das razões de estarmos tão sós é por sermos intolerantes. Não conseguimos perdoar isto ou aquilo e, assim, vamos deixando pessoas - que parece que são dispensáveis - para trás. A questão é: foi assim tão grave ou terá sido uma tiragem infeliz que... todos temos?!

A intolerância é uma vaidade dissimulada. A intolerância é orgulho despojado de qualquer sentido.

Assim como a crítica. Quando criticamos alguém, estamos a dizer que somos melhores… Visto assim é feio, não é? Mas é mesmo!

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Sagitário - 2 de Espadas

No livro Verónica Decide Morrer, de Paulo Coelho, a personagem principal é uma jovem que perde a vontade de viver e acaba num hospício. Aí, ela vive uma experiência de "louca". Ela liberta-se de amarras - psíquicas -, de preconceitos e age... naturalmente. Grita, se lhe apetece, chora, quando quer, analisa os outros de uma perspetiva totalmente nova e livre. No fim desta fortíssima experiência, ela apercebe-se de que viver é uma dádiva e que há sempre alternativas, mesmo quando tudo parece perdido.

Todos passamos por estas fases, a diferença é como as vivemos, como as sentimos e ultrapassamos.

Pergunta o Tarot: está fechada/o para obras ou balanço? Há quanto tempo? Não estará a exagerar na sua autoexclusão, seja ela física ou metafórica? Seja como for, faça um exame, uma avaliação do que quer que esteja a passar e volte cá para fora, para a realidade. Sabe porquê? Porque precisa de pôr em prática o que aprendeu no exílio. Faz sentido, não faz? Talvez se esteja a esquecer de que - apesar de tudo - viver é mesmo muito bom. Claro, é viver de forma livre e não cheia de aprisionamentos. Estava subentendido.

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Capricórnio - 2 de Copas

O Amor tem um limite que se chama dignidade.

Vai apaixonar-se, esta semana? A tendência é essa com esta linda carta a regê-la/o. Esteja recetivo a novas amizades, a novos conhecimentos.

O 2 de Copas é uma das cartas mais bonitas dos Arcanos menores que fala de romances, de inícios ou reinícios, reconciliações, etc.. Se algo não está bem neste "departamento", esta carta diz que, com confiança, romantismo e alguns gestos de ternura, a coisa resolve-se.

Pois é, as coisas do amorzinho baralham muito a nossa mente. O coração fica feliz com a perspetiva de amar, seja o que for. Já a mente é mais seletiva. E a alma? Bom, a alma envia sinais de alerta, mas nós, sedentos de sermos amados, ignoramos. Quantas e quantas vezes nós sabemos que aquilo não nos vai fazer bem. Temos sinais claros disso e, mesmo assim, lá vamos nós cheios de esperança de dizermos à alma o quão enganada ela estava.

As nossas carências falam muito alto. Aliás, elas berram e ensurdecem os tais sinais.

É difícil ter certezas? É.

Por isso, sou muito apologista do tentar. Do tentar, com honestidade. De dar tempo ao tempo e evitar os rótulos rápidos - e, tantas vezes, injustos - e as comparações. Porém, também sou apologista de parar, quando certos limites se ultrapassam.

A dignidade é um deles.

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Aquário - Cavaleiro de Espadas

"A Humanidade não se pode libertar da violência, senão por meio da não-violência". (Mahatma Gandhi)

O Cavaleiro de Espadas é o mais irascível de todos os Cavaleiros do Tarot, o que pode significar que, neste período, se sente mais inquieta/o, ou que a atmosfera à sua volta está um pouco mais tensa. Como é evidente, não há uma fórmula para gerir este tipo de situações. Cada uma dessas situações deve ser vivida como se fosse única, ou seja, cada caso é um caso, por isso mesmo não podemos agir de forma automática como é nosso costume.

O meu mantra, nesses momentos, é: eu não me envolvo nas tempestades dos outros; eu trago os outros para a minha paz. Vai adotar?

Espere, por isso, por influência deste Cavaleiro, uma semana intensa em termos intelectuais - resultado, talvez, de algumas lutas internas.

Anda em escaramuça consigo mesma/o? Isso pode ser muito positivo. Está a permitir-se pensar! Parar e pensar. Que já vai sendo uma coisa rara, nestes dias que correm. Está a sair da rodinha do rato? Espetáculo!

É porque precisa de resolver cenas. Vamos a isso!

Aceite esta fase, esta vibração mais exigente, porque tudo passa e estas fases são importantíssimas, no nosso crescimento pessoal e espiritual.

***

Já me acompanha no Instagram

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.

***

Peixes - O Sol

"Ser feliz, sem motivo, é a mais autêntica forma de felicidade". (Carlos Drummond de Andrade)

Pois é, é fácil estar alegre. Ser alegre já é outra estória.

Quando a vida flui, nós sorrimos. Quando ela nos põe testes à nossa frente, o semblante muda, rapidamente.

Assim agimos com as bênçãos, sabemos que nem sempre sentimos gratidão. Já com os desafios, fazemo-nos ouvir e bem.

É verdade, não é?

O Sol, Arcano de grande impacto, pede que veja a vida de outra forma, de outro prisma e em perspetiva. Não se foque no pequeno, no detalhezinho, mas na questão de fundo. O que é que a/o preocupa? Quais são as suas ansiedades?

O Sol urge que desperte as suas melhores características: a alegria, o otimismo, a confiança, a bravura, características que são suas, independentemente das circunstâncias. Uma pessoa alegre pode chorar. Já uma pessoa triste, raramente, consegue sorrir. Em qual dos dois se quer manter?

***

Já me acompanha no Instagram?

Nesta fase delicada que vivemos, todos temos muitas incógnitas e a dúvida é danada! É nisso que o Tarot pode ajudar, a encontrar os melhores Caminhos e Soluções. Faça a sua consulta à distância no Tarot de Ísis By Vera Xavier.