Com Esclerose Lateral Amiotrófica, Fernando Rickensen faz anúncio dramático: "Será a minha última noite"

O anúncio dramático de Fernando Rickensen: "Será a minha última noite"

O ex-internacional holandês Fernando Rickensen, que alinhou em vários clubes ao lado de jogadores portugueses, sofre de Esclerose Lateral Amiotrófica.

O ex-internacional holandês Fernando Ricksen, que sofre de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), anunciou que a noite de 28 de junho será a última aparição pública.

Na fase terminal da doença, Fernando Ricksen, de 42 anos, gravou um vídeo na cama do hospital, no qual diz que vai viver uma "noite especial", pois vai ser-lhe feita uma homenagem.

"Já está a ficar muito difícil para mim e essa será a minha última noite. Venham e façamos desta uma noite para recordar", declarou o ex-jogador, numa mensagem gerada pela voz do computador, dado que há cerca de um ano deixou de conseguir falar.

Entretanto, vários órgãos de comunicação interpretaram as palavras de Ricksen como o anúncio da sua morte, o que o obrigou a negar que vá recorrer a eutanásia: "Quero esclarecer que o dia 28 de junho vai ser a minha última aparição pública. Por outras palavras: Não tenho a intenção de fazer desse o meu último dia. Vou continuar a lutar, mas o que resta da luta vai ser feita longe dos holofotes."

O antigo médio, que venceu uma Liga Europa e uma Supertaça Europeia com Danny no Zenit, clube no qual jogou também com Fernando Meira, alinhou, ainda, nos holandeses do AZ Alkmaar e do Fortuna Sittard, além de ter passado cinco épocas e meia nos escoceses do Rangers, onde chegou a jogar com Capucho, antes de deixar de jogar na época 2012-2013.

Recorde-se que, em 2016, Cristiano Ronaldo convidou Fernando Ricksen para assistir ao vivo a um jogo do Real Madrid no Bernabéu.

Veja as imagens de Fernando Rickensen na galeria que preparámos para si e assista ao impressionante anúncio do ex-futebolista, bem como ao documentário que retrata o dia a dia do antigo jogador.