TVI

Marcelo Rebelo de Sousa rejeita comentar ida de Eunice Muñoz para o Panteão Nacional

O Presidente da República assinou o decreto que confirma o dia de luto nacional, na terça-feira, 19 de abril, em homenagem a Eunice Muñoz e rejeitou comentar a eventual ida da atriz para o Panteão Nacional.

com Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa confirmou, ainda, que vai às "cerimónias fúnebres todas" da atriz.

Para já, o Presidente da República, citado pela agência Lusa, rejeitou opinar sobre uma possível transladação de Eunice Muñoz para o Panteão Nacional.

Marcelo Rebelo de Sousa disse não se querer "imiscuir numa decisão da Assembleia da República".

"Eu pessoalmente não acho nada. Era uma maneira de intervir na competência da Assembleia. Tenho de ter muito cuidado nisso", apontou o Presidente da República.

As cerimónias fúnebres da atriz Eunice Muñoz decorrem na Basílica da Estrela, em Lisboa, esta segunda (dia 18) e na terça-feira (dia 19), seguindo depois o funeral para o Cemitério do Alto de S. João, onde o corpo será cremado.

A informação foi dada à agência Lusa pelo filho da atriz, acrescentando que o velório decorrerá entre as 17:00 e as 22:30 horas de segunda-feira e entre as 10:00 e as 15:00 horas de terça-feira.

Entre as 15:00 e 16:00 de terça-feira, será celebrada uma missa de corpo presente, na Basílica da Estrela, estando a cerimónia de cremação prevista para as 17:00 horas, precisou António Muñoz, filho da atriz.

Eunice Muñoz morreu na passada sexta-feira, no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, aos 93 anos.

Nascida na Amareleja, no distrito de Beja, em 1928, completou em novembro 80 anos de carreira.

Relacionados