TVI

Manuel Luís Goucha sobre Eunice Muñoz: "Há pessoas que não deviam morrer"

Eunice Muñoz morreu esta sexta-feira, dia 15, aos 93 anos, e Manuel Luís Goucha dedicou uma emotiva mensagem à atriz.

O apresentador Manuel Luís Goucha, de 67 anos, foi uma das figuras públicas que fez questão de lamentar, publicamente, a morte de Eunice Muñoz.

O anfitrião do programa "Goucha", da TVI, fez duas publicações, no Instagram, relacionadas com a atriz, que morreu esta sexta-feira, dia 15, aos 93 anos.

"Eunice, há pessoas que não deviam morrer, tanta é a falta que fazem à vida!", escreveu, na legenda da primeira.

Entretanto, Manuel Luís Goucha quis, ainda, recordar a longa carreira de Eunice Muñoz.

"Eunice, tantas vidas numa só. Foi Fedra, Joana d'Arc, Sarah, Zerlina... Mãe Coragem, Dama das Camélias, Madame... contudo, dizia-se mulher como outra qualquer", começou por escrever.

"Foi (que digo eu?)... É ... a senhora das palavras e dos silêncios. Ah! Os silêncios de Eunice... neles cabem o riso, a angústia, a contemplação", continuou.

Para o apresentador, "os gestos" de Eunice Muñoz "trazem a brisa e o ciclone". "Que Eunice esteja no Olimpo dos maiores, junto a Ribeirinho, Estêvão Amarante, Carmen Dolores... e Amélia Rey-Colaço, a mestra que dela dizia não conhecer outrém tão genial. Estará junto da sua trupe, a da mãe Mimi e do pai Hernâni. E do Deus em que sempre acreditou, grata pela graça com que nasceu, essa de nos tocar. Para sempre. Obrigado, Eunice", rematou.

A última vez que o apresentador entrevistou Eunice Muñoz foi em janeiro deste ano.

Veja, agora, as publicações de Manuel Luís Goucha.

 

Relacionados