Emanuel recorda história com fã: "Voltou ao mundo dos vivos por causa de uma canção minha"

Igor Pires
Conta-me como és - Fátima Lopes entrevista Emanuel
Emanuel no "Conta-me Como És"
Luís de Matos no "Conta-me Como És"
Ricardo Ribeiro no "Conta-me Como És"
Toy no "Conta-me Como És"

O cantor Emanuel foi o convidado do "Conta-me como És" deste sábado e fez revelações sobre o seu percurso pessoal e profissional

Emanuel foi o convidado de Fátima Lopes no programa "Conta-me como És", deste sábado, dia 1. Ao recordar alguns dos momentos mais importantes da sua vida, o cantor popular sublinhou que, por vezes, lhe acontecem "coisas diferentes".

Por exemplo, numa ocasião, Emanuel estava na estrada com um amigo, depois de um concerto próximo de Bragança, por volta das duas da manhã, quando o companheiro de viagem lhe disse que o cantor devia "fazer um sucesso internacional, tipo 'Pimba, Pimba' [um dos maiores êxitos do cantor]". "Isso é impossível. Isso é tão provável como agora passar aqui uma estrela cadente", respondeu Emanuel, na altura. Só que, ao olhar para o céu, estava mesmo a passar à sua frente uma dessas estrelas.

Noutra ocasião, quando estava a dar uma sessão de autógrafos, uma senhora encontrava-se nesse evento e pediu para falar com o cantor, não para pedir um autógrafo, mas para partilhar uma história única.

"Era uma senhora que tinha estado em coma profundo durante muito tempo e ouviu uma canção minha, de que gostava muito. Estava a dar numa televisão ao lado de onde estava, penso eu. E essa senhora, ao escutar essa música, deixou o mundo dos mortos. Voltou ao mundo dos vivos, por causa de uma canção minha", conta Emanuel.

(Re)veja a entrevista completa.