Goucha

Catarina Camacho revela: "A partir desse dia, nunca mais consegui voltar a fazer televisão"

A antiga apresentadora de televisão Catarina Camacho marcou presença na emissão mais recente do programa "Goucha" e falou sobre o afastamento do pequeno ecrã.

Num testemunho franco, Catarina Camacho, de 39 anos, contou quando sentiu necessidade de deixar de trabalhar em televisão: "Tive o famoso burnout, o meu corpo parou, a minha mente deixou de funcionar bem, e deixei de me sentir capaz de trabalhar. O assunto de terminar a carreira já tinha sido conversado, inclusive, com o meu pai."

Aliás, a figura paterna foi essencial para a decisão radical que Catarina Camacho tomou: "Estava a apresentar um programa, na altura, e o meu pai mandou-me uma mensagem que dizia: 'Estás tão bonita. Já tinha saudades de te ver, na televisão.' E eu respondi: 'Obrigada, mas se soubesses o quão infeliz estou aqui.' E ele respondeu-me: 'Eu sei, consigo ver isso nos teus olhos. Não te esqueças de nunca estares onde não és feliz.' E essa mensagem está comigo, até hoje."

A antiga apresentadora de televisão recordou, ainda, o momento em que decidiu deixar, definitivamente, o pequeno ecrã: "Estava entre diretos, quando recebo uma chamada com a notícia de que eu, de todo, não esperava, de uma senhora que me disse que o meu pai tinha partido. A partir desse dia, desse momento e daquela circunstância, nunca mais consegui voltar a fazer televisão e achei que não fazia sentido."

"Lembrei-me, sempre, da mensagem que o meu pai me tinha deixado, antes: 'Nunca estares onde não és feliz.' Assim foi", completou Catarina Camacho, que considera esta mudança de vida como um "ato de reflexão e de coragem".

Veja, agora, na íntegra, a entrevista concedida por Catarina Camacho, no programa "Goucha".

Relacionados