Georgina Chapman separa-se do marido envolvido em escândalo sexual

Harvey Weinstein e Georgina Chapman na Selfie

Georgina Chapman, mulher de Harvey Weinstein, decidiu pedir o divórcio, depois de o marido ter sido acusado de assédio sexual.

Harvey Weinstein, um dos produtores mais conhecidos e influentes de Hollywood, foi obrigado a abandonar a empresa de cinema independente que fundou por ter sido acusado de crimes de assédio sexual, que remontam à década de 90. A situação do produtor piorou recentemente, quando surgiram outras novas acusações por parte de atrizes norte-americanas.

Depois dos escândalos sexuais, a mulher de Harvey Weinstein pediu o divórcio.

Em declarações à revista americana People, a designer afirmou: "O meu coração está partido por todas as mulheres que sofreram uma tremenda dor, por causa destas ações imperdoáveis. Eu decidi deixar o meu marido. Tratar dos meus filhos é a minha prioridade e eu peço, aos media, alguma privacidade."

De recordar que Harvey Weinstein e Georgina Chapman casaram em 2007 e têm dois filhos em comum: India Pearl Weinstein, de 7 anos, e Dashiell Weinstein, de 4.