Harvey Weinstein despedido por assédio sexual

Harvey Weinstein acusado de assédio sexual

Harvey Weinstein foi despedido devido às várias acusações de assédio sexual.

Trata-se de um dos produtores mais influentes de Hollywood que, segundo a Lusa, foi obrigado a abandonar a empresa que fundou, no passado domingo, dia 8.

"The Weinstein Company" é uma empresa de cinema independente que, de acordo com um comunicado, fica agora a ser gerida pelo irmão do produtor, Bob Weinstein. 

Angelina Jolie foi uma das atrizes que contou, publicamente, um episódio com Weinstein. A atriz relatou ao New York Times que, durante a sua adolescência, teve uma má experiência com o produtor e que preferiu nunca mais trabalhar com ele, alertando outras colegas para que fizessem o mesmo.