Polémica: pai de Meghan Markle pode nunca vir a conhecer o neto

Pai de Meghan Markle revela ter sentido ciúmes por não levar filha ao altar
Meghan Markle gasta sete vezes mais em roupa durante a gravidez do que Kate Middleton
Príncipe Harry e Meghan Markle fazem escapadinha romântica antes do bebé nascer
Estará Meghan Markle à espera de uma menina? Príncipe Harry já aprende ballet
Meghan Markle e príncipe Harry criam página oficial no Instagram

Continua a polémica em torno da relação de Meghan Markle com o pai. Agora, um especialista em assuntos reais vem afirmar que Thomas Markle pode nunca chegar a conhecer o neto.

A revelação é feita por Duncan Larcombe, biógrafo e comentador real, num teaser do documentário "Meghan e Harry: A Royal Baby Story".

Duncan Larcombe afirma, com convicção: "nunca verá o neto".

O também autor de "Prince Harry: The Inside Story" admitiu que a probabilidade de o pai de Meghan Markle vir a ser convidado pela filha quando nascer o primeiro filho da duquesa de Sussex é pouco provável, até pelo atual relacionamento que mantêm.

Thomas Markle, de 73 anos, não fala com a filha Meghan Markle, de 37, desde que foi excluído do casamento real depois de ter sido apanhado a vender fotos a paparazzi.

Em fevereiro, foi revelada uma carta escrita pela mulher do Príncipe Harry dirigida ao pai pouco tempo após o casamento, em que esta pedia: "Por favor, para de mentir".

"As tuas ações quebraram o meu coração num milhão de pedaços - não simplesmente porque infligiste uma dor desnecessária e injustificada, mas porque escolheste não contar a verdade, como és manipulado por marionetes. Algo que nunca vou entender", começou por escrever Meghan Markle que contradiz a informação de que teria cortado relações com o pai.

"Contaste à imprensa que me ligaste para dizer que não vinhas ao casamento - isso não aconteceu, porque nunca me ligaste", afirmou na carta datada de agosto de 2018.

Sublinhando que Harry sempre foi "paciente, amável e compreensivo" com o pai, Meghan deixou um apelo: "Se me amas, como dizes à imprensa, para. Por favor, permita-nos viver as nossas vidas em paz. Por favor, para de mentir, por favor para de criar tanta dor, por favor para de explorar o meu relacionamento com meu marido. Percebo que estás tão longe neste buraco de coelho que sentes (ou podes sentir) que não há saída, mas se parares por um momento, acho que verás que ser capaz de viver com uma consciência limpa é mais valioso do que qualquer pagamento no mundo".

Veja o trailer do documentário.