No Instagram

Rita Pereira abre o coração: "Fui chamada de prostituta. Escreveram que sou uma vergonha"

A atriz Rita Pereira recordou as críticas que recebeu, nas redes sociais, ao apresentar um projeto inovador.

No Instagram, Rita Pereira partilhou uma feliz notícia: o mais recente projeto da atriz, "Amor de Quarentena", está a ser um sucesso.

Este é um inovador produto de ficção, visto que é uma peça de teatro que acontece através do WhatsApp. Desta forma, quem adquirir um bilhete pode receber, durante 13 dias, mensagens de voz, vídeos, fotografias e músicas de Rita Pereira, como se a atriz fosse uma ex-namorada.

Quando anunciou este projeto, Rita Pereira recebeu centenas de críticas, conforme recordou, ao partilhar o sucesso de "Amor de Quarentena".

"É engraçado pensar que, quando partilhei este projeto, 'Amor de Quarentena', pela primeira vez, fui chamada de prostituta, de trabalhadora do sexo, escreveram que tinha perdido a cabeça, que devia matar-me, que o mundo estava ao contrário, que devia ter vergonha na cara, que sou uma vergonha para a sociedade. Fui chamada de todos os nomes possíveis e imaginários, em mais de 200 comentários. Mas os outros 400 comentários foram positivos", começou por sublinhar a atriz.

"Claro que, na mesma publicação dos meus colegas do sexo masculino, lia-se: 'És lindo'; 'Que projeto inovador'; 'De onde é a tua camisola?' e 'Eu amo-te, vou já comprar o bilhete.'", acrescentou Rita Pereira.

Por fim, a atriz celebrou o êxito de "Amor de Quarentena": "Hoje, o projeto 'ridículo' está em terceiro lugar, no top das peças mais vendidas, na Ticketline. Resumindo, primeiro, estranha-se, depois, entranha-se. Ninguém gosta, mas vão lá todos ver o que é. Obrigada, às dezenas de pessoas que já compraram bilhete. Fico mesmo feliz."

Veja, agora, algumas das melhores imagens de Rita Pereira, nas galerias de fotografias que preparámos para si.

Relacionados