Quero é Viver

Diogo Infante faz confissão: "Procuro, em mim, o lado mais negro, que todos nós temos"

O ator Diogo Infante não deixou nada por dizer, sobre a construção da personagem que interpreta na novela "Quero é Viver", da TVI. Tal aconteceu num evento especial que reuniu o elenco da trama.

Diogo Infante começou por dizer que o conceituado psiquiatra Frederico "tem sido uma personagem muito desafiante, porque é muito complexa e não é, propriamente, uma pessoa fácil".

"Interpretá-lo e levá-lo para casa, às vezes, pesa um bocadinho", confessou. E porquê? A resposta é simples: 'É muito manipulador e esse tipo de comportamento, sobretudo, com as mulheres, é algo que me custa representar, porque não me revejo neste tipo. Portanto, tenho mesmo de me abstrair, para não fazer juízos de valor. Mas, por isso, é um desafio".

"A experiência", na perspetiva do artista, permite-lhe "fazer essa transição". No entanto, garantiu: "Há dias mais difíceis e nós não somos de plástico. Às vezes, fica esse lastro, que é duro, e temos de aprender a geri-lo".

O ator assegurou , também, que não conhece nenhuma pessoa parecida com a personagem que interpreta. Caso conhecesse, garantiu, às gargalhadas, que se iria manter afastado.

Sobre a preparação para o papel, revelou: "Procuro, em mim, o lado mais negro, mais escuro, que todos nós temos."

Sobre as cenas (algumas íntimas) que tem gravado com Margarida Corceiro e que só vão para o ar mais adiante, Diogo Infante resolveu não desvendar muita coisa. "Nas gravações, já estamos muito avançados, e posso enfatizar o 'muito'. Pronto (risos). As pessoas, na verdade, não mudam na essência. O que muda é as circunstâncias. Quando aparece alguém mais novo na vida do Frederico, ele vai ter a oportunidade de revelar um novo lado dele. Mas, no fundo, já lá está", disse.

Por fim, o galã admitiu que o feedback tem sido muito positivo. "Acho que já tenho idade suficiente para ter um capital humano e artístico para as pessoas dizerem: 'Coitadinho, não é? A gente gosta de si, na mesma. Mas é tão malandro, tão manipulador' (risos). Os meus seguidores vão-me dando vários recados, mas sinto o carinho e, sobretudo, sinto que as pessoas reconhecem o trabalho do ator que está por detrás daquela personagem. E percebem que não tem nada a ver comigo, e isso deixa-me muito satisfeito, porque eu não sou assim. Sentirem-se incomodadas é bom sinal, é sinal de que estou a fazer bem o meu trabalho", rematou.

Veja, agora, as fotografias do evento que reuniu o elenco da novela "Quero é Viver", na galeria de imagens que preparámos para si!

Relacionados