Quero é Viver

"Quero é Viver": Margarida Corceiro fala sobre cenas íntimas com Diogo Infante

A SELFIE esteve à conversa com Margarida Corceiro sobre a personagem da atriz na novela da TVI "Quero é Viver", na qual contracena com Diogo Infante.

Margarida Corceiro, de 19 anos, é uma das grandes vilãs da novela "Quero é Viver", da TVI. A personagem da jovem vai envolver-se com a de Diogo Infante, que é um dos protagonistas da trama. A revelação foi feita pela própria, à margem do encontro do elenco da trama com a comunicação social, que aconteceu esta terça-feira, dia 8, a propósito do Dia da Mulher.

"Ele vai trocar-lhe as voltas e ela vai-se deixar levar. Eles envolvem-se", adiantou a atriz, cujo papel em "Quero é Viver" promete mexer com a história. "Ela não olha a meios, para atingir os fins, e não quer saber daquilo que as outras pessoas pensam. Acontece que, normalmente, ela consegue sempre tudo o que quer", revelou a, também, modelo.

Em relação às cenas íntimas com o conceituado ator, Margarida Corceiro garantiu, em conversa com os jornalistas, que "é um privilégio". "Já fiz um estágio com o Duarte Gomes (na novela 'Bem Me Quer'). Somos atores, estou à vontade", frisou, ainda.

"Tenho contracenado muito com o Diogo e tem sido importante para o meu crescimento, ele ajuda-me imenso. É super fácil trabalhar com ele. É impecável e muito respeitador", afirmou, acrescentando que pede muitos conselhos ao ator.

A namorada de João Félix admitiu, também, que, "no geral", não gosta de assistir à novela na presença de outras pessoas. "Vejo a novela quando estou sozinha. Sei que a minha família vê, mas não falamos sobre isso. Dão feedback e apoiam-me imenso. Quando acham que devo ir por outro caminho, também avisam", disse.

Por falar na família, Margarida Corceiro confessou, ainda, que os pais se queixam da ausência da jovem. "A minha família queixa-se um bocadinho. Às vezes, dá-me na cabeça. 'Nunca vens cá, nunca vens cá'. A minha família está em Santarém e, às vezes, fica difícil ir tantas vezes como gostaria. Mas eles percebem", rematou.

Relacionados