urlvisit

Jorge Corrula: "Morre-se sem teatro, sem Cultura"

Paula Lobo Antunes e Jorge Corrula na SELFIE
Jorge Corrula vai ser pai pela segunda vez

Foi através das redes sociais que Jorge Corrula se manifestou a propósito das novas medidas do confinamento, de forma a diminuir o risco de contágio da Covid-19, lamentando o encerramento dos espaços culturais.

Após o discurso do Primeiro-Ministro, António Costa, sobre o confinamento obrigatório, que entrará em vigor às 00:00 horas da próxima sexta-feira, dia 15, várias foram as figuras públicas que se manifestaram sobre o fecho da Cultura. Foi o caso de Jorge Corrula.

"Morre-se da cura?!? Morre-se do incumprimento! Morre-se da irresponsabilidade! Morre-se da ignorância! Morre-se do desgoverno! Morre-se sem Teatro... sem Cultura", escreveu o ator, na legenda de uma imagem que mostra a plateia de um teatro vazia.

Recorde-se que Rita Ferro Rodrigues e Rui Maria Pêgo foram algumas das figuras públicas que, assim como Jorge Corrula, lamentaram o encerramento dos espaços de Cultura.