TVI

"Cristina e Kasha - Sítio Bom". Cantor revela: "Estava completamente comido na avalanche"

Kasha, vencedor do "Big Brother Famosos", da TVI, revelou as verdadeiras razões que o levaram a aceitar o convite para participar no reality show.

"O que é que tu ganhaste com o 'Big Brother'?", foi com esta pergunta, que Cristina Ferreira colocou a Kasha, que arrancou o documentário "Cristina e Kasha - Sítio Bom", na noite da passada quinta-feira, dia 12, na TVI.

"A vida, ganhei a vida", respondeu o vencedor do "Big Brother Famosos".

Surpreendentemente, quase como se se tratasse de uma premonição, Francisco Maria Pereira, o nome verdadeiro do cantor, gravou todas as conversas que teve com o respetivo grupo de amigos, relacionadas com o reality show, desde que foi convidado para entrar na "casa mais vigiada do país". Estas imagens inéditas, figuram no documentário, agora exibido pela estação de Queluz de Baixo.

No dia 7 de dezembro de 2021, o jovem juntou algumas das pessoas mais próximas no estúdio. "Na semana passada, eu fui convidado para entrar no 'Big Brother Famosos'", ouve-se Kasha a contar ao grupo.

A apreensão foi geral e a opinião foi unânime: o cantor não deveria aceitar o convite. "Isso tem uma conotação negativa", disse um dos amigos. Kasha concordou com o que acabara de ouvir. Porém, a gestora do projeto "Esquece" [o projeto a solo do artista], Mafalda Leal da Costa, soube, desde logo, que Francisco Maria Pereira ia aceitar o desafio. "Caiu-me tudo, porque olhei para os olhos dele e percebi: ele vai", disse, quando entrevistada para "Cristina e Kasha - Sítio Bom".

Mas a apreensão deu lugar ao apoio incondicional dos amigos, que se juntavam "religiosamente" ao domingo à noite, para verem as galas. "Parecia a final da 'Champions' [torneio de futebol da UEFA]", brincou Francisco Laplaine Guimarães.

Em conversa com Cristina Ferreira, o vencedor do "Big Brother Famosos" confessou que, apesar de tudo, não queria, de certa forma, estragar o que tinha construído com Miguel Cristovinho e Miguel Coimbra, os colegas da banda D.A.M.A.

Kasha tinha a consciência de que "estava mal" e que o reality show poderia ser a tão desejada lufada de ar fresco de que precisava. "Dares por ti, o teu closet é a mala de trás do teu carro. Tens 32 anos, as finanças todas desorganizadas, nem sequer sabia", lamentou.

Entretanto, o cantor fez revelações surpreendentes: o sofá do estúdio serviu-lhe de cama, "durante dois meses", e uma manta, que ainda lá tem, foi o respetivo "edredão"... "mas também servia de toalha de banho". Kasha contou, ainda, que tomava banho com o auxílio de um recipiente, lavando o corpo por partes.

"Eu lembro-me bem, estava consciente, já tinha feito muitas diretas e estava nos copos, há muito tempo: 'Para onde é que estás a ir?'", recordou o artista.

O fim do namoro de Francisco Maria Pereira com Bárbara Bandeira poderá ter ditado este estado. "Arrependes-te de alguma coisa que tenhas feito, no amor?", perguntou a apresentadora. "De muitas coisas", assegurou, cabisbaixo, o protagonista do documentário.

"Estava a deixar-me ir, estava completamente comido na avalanche. A razão de começarmos a filmar era mesmo para vermos a diferença. Deste gajo que está aqui, que dormiu no estúdio, e o que é que vai ser quando acabar o processo, que é quando lançar o disco. E, para lançar o disco, eu também teria de ser outra pessoa, mais saudável", revelou.

"Cristina e Kasha - Sítio Bom" foi para o ar na véspera do lançamento do projeto a solo de Kasha. Este "sítio bom" é uma casa, chamada "cabana" pelo grupo, localizada em Montargil, onde o "Esquece" foi planeado e produzido.

Veja, agora, as fotografias de Kasha e Cristina Ferreira, na galeria de imagens que preparámos para si!

Relacionados