Festa é Festa

Joaquim Nicolau assume: "Há atores que não gostam de ser dirigidos"

Joaquim Nicolau esteve "À Conversa com Ana Rita Clara", numa entrevista emitida pela TVI Ficção, e o diretor de atores confessou que há alguns colegas de profissão que não gostam de ser dirigidos.

Para além de contar com um sólido percurso enquanto ator, Joaquim Nicolau soma experiência na direção de atores. O exemplo mais recente é a novela "Festa é Festa".

Numa entrevista concedida a Ana Rita Clara, Joaquim Nicolau explicou como é este processo de dirigir colegas de profissão: "Os atores têm algo de extremamente pessoal a pôr em qualquer personagem. É algo muito pessoal. Um ator não conseguirá fazer uma personagem, se não tiver algo dele, fortíssimo, a apoiar essa interpretação. Mas tens, acima de tudo, de perceber um ator." E, posteriormente, ajusta-se a personalidade do ator à personalidade da personagem ficcional, tal como contou o entrevistado.

No decorrer da conversa, Joaquim Nicolau assumiu que há atores que não gostam de ser dirigidos: "Sim, há! É normal! No meu caso, gosto de ser dirigido. Mas percebo que haja atores que não gostem, porque há um conflito. O que temos de fazer é encontrar uma maneira de chegar a esse ator, com base na conversa."

Veja, agora, na íntegra, a entrevista concedida por Joaquim Nicolau ao programa "À Conversa com Ana Rita Clara".

 

Relacionados