urlvisit

Lady Gaga revela ter engravidado, após abuso sexual: "Deixou-me grávida numa esquina"

Lady Gaga na Selfie
O extravagante look de Lady Gaga na tomada de posse de Joe Biden
Lady Gaga foi a rainha da noite na MET Gala
Lady Gaga, Bradley Cooper e Irina Shayk: o triângulo amoroso do momento
Lady Gaga e Bradley Cooper protagonizam momento da noite nos Óscares

Numa conversa sobre saúde mental, Lady Gaga fez revelações inéditas, detalhando os problemas que teve, após ter sido vítima de abuso sexual.

Lady Gaga concedeu uma entrevista intimista ao príncipe Harry e a Oprah Winfrey, para a série documental "The Me You Can’t Se" (que, na tradução literal, significa “O Eu que Não Consegues Ver”), na qual revelou ter ficado grávida, após o abuso sexual do qual foi vítima, quando tinha 19 anos de idade.

Já era do conhecimento público que a cantora tinha sofrido o abuso pelas mãos de um produtor musical, mas, nesta recente entrevista, a intérprete de "Rain On Me" contou que chegou mesmo a engravidar, depois do ato sexual não consentido, tendo, posteriormente, sofrido um aborto.  

Anos após o flagelo, Lady Gaga procurou tratamento médico para o que viria ser diagnosticado como fibromialgia, e acabou por, inesperadamente, sentir o mesmo que sentiu aos 19 anos: "Percebi que era a mesma dor que senti, quando a pessoa que me violou deixou-me, grávida, numa esquina, perto da casa dos meus pais, porque eu estava a vomitar e sentia-me doente por ter sido violada", disse, lembrando: “Fiquei trancada num estúdio durante meses."

A artista não divulgou o nome de quem cometeu o crime, porque diz "não querer voltar a ver a cara" do produtor.

Lady Gaga chegou a revelar que sofreu de um "surto psicótico total", que foi diagnosticada com Stress Pós Traumático e que sofreu de ataques de pânico, tudo como consequência do incidente.