Internacional

Rainha Isabel II participa no 1.º evento após a morte do marido e há um detalhe comovente

A rainha Isabel II presidiu à Abertura do Parlamento britânico, naquele que é o primeiro evento público em que participa após a morte do marido.

Naquele que foi o o primeiro ato oficial presencial, desde a morte do duque de Edimburgo, no passado dia 9 de abril, a rainha Isabel II presidiu à Abertura do Parlamento britânico.

A monarca, de 95 anos, esteve acompanhada pelo filho mais velho, o príncipe Carlos, e pela mulher deste, Camilla.

O ato oficial ficou marcado por um pormenor comovente, após a Câmara dos Lordes ter removido o trono que pertencia a Philip, príncipe consorte.

A rainha Isabel II sentou-se, sozinha, no Trono do Soberano, numa imagem marcante do evento que decorreu no dia 11 de maio.

Igualmente notado foi o facto de a soberana britânica não ter usado coroa ou manto, quebrando, assim, uma das mais antigas tradições.

De acordo com as explicações oficiais dadas aos media britrânicos, a rainha abdicou da tradição devido às novas diretrizes contra a Covid-19.

Foi, ainda, apontado o facto de se tratar de um objeto muito pesado para a idade avançada da rainha Isabel II. Adornada com mais de três mil pedras preciosas, incluindo dois mil diamantes, a coroa pesa mais de 1,20 kg.

A coroa da rainha Isabel II tem um valor estimado de quase quatro milhões de euros, é o símbolo supremo da monarquia, sendo vista durante a abertura oficial do Parlamento e só pode ser tocada pela monarca, pelo arcebispo de Canterbury e pelo joalheiro real.

Veja, agora, na galeria, as imagens da rainha Isabel II na Abertura do Parlamento britânico.

Relacionados