Patrícia Matos sobre Fátima Lopes: "Foi com ela que aprendi a ver o lado bom da vida"

Fátima Lopes vai ter um novo projeto
Patrícia Matos na Selfie
Fátima Lopes na Selfie
Veja como Fátima Lopes mudou ao longo dos anos
Fátima Lopes faz peregrinação a Fátima

Foi através do blogue "Deve Ser de Mim" que Patrícia Matos decidiu partilhar um texto muito especial, dedicado a Fátima Lopes.

Fora dos corredores de Queluz, a apresentadora mantém uma relação de amizade com a jornalista da TVI. Uma ligação muito especial que mereceu um texto ternurento, por parte de Patrícia Matos, no qual fala do abraço da amiga como sendo "o melhor do mundo": "O abraço da Fátima é daquelas coisas que percorremos grandes distâncias para ter. Estão a ver aquele momento em que, às vezes, o Mundo pára? É porque está a abraçá-la, só pode. É aquele porto de abrigo, aquele sítio onde podemos baixar os ombros porque não é preciso defendermo-nos de nada, aquele silêncio que diz tudo, aquele conforto que nos enche a alma com a coragem precisa para enfrentar o resto do dia. É o meu caso, eu que tenho a sorte de a abraçar antes do meio dia, seja nos corredores, no guarda roupa ou no recato do seu gabinete"

"E sim, o abraço é sempre igual em público e em privado, essa é outra das razões para sermos amigas, não há máscaras. Sempre a conheci assim: disponível, afável, carinhosa mas sei que não é para todas as pessoas. É outra das características que mais lhe gabo: discernimento, lucidez. Aprendo tanto com a Fátima, a nível profissional, sempre pronta a aconselhar; a nível pessoal, a fazer crescer", continuou.

Entre os inúmeros elogios, Patrícia Matos sublinhou a forte admiração que sente por Fátima Lopes: "[..]Esta mulher é uma força da natureza. É boa pessoa. É inteligente. É divertida. É verdadeira, sabe de onde veio e que regressa para braços quem a ama. É exímia na sua função, o seu trabalho está à vista de todos. Recordo-lhe uma frase que me ficou na memória: 'somos (nós que trabalhamos em televisão) atletas de alta competição, somos avaliados todos os dias, a cada instante' [...] Não é fácil manter a lucidez quando tudo o que mais queremos é… fugir dali. E a Fátima fica com o maior nível".

"É das poucas pessoas com quem me encontro fora da empresa porque tenho um orgulho assim desmedido em ser sua amiga. Quem não conhece esta mulher não sabe o que perde", rematou.