Demi Moore revela ter sido abusada sexualmente aos 15 anos e que a mãe permitiu tudo

Foi na ABC News, em entrevista exclusiva a Diane Sawyer, que Demi Moore, de 56 anos, falou sobre as revelações surpreendentes da autobiografia que acaba de lançar.

Foi, então, a propósito do livro Inside Out - que relata os maiores dramas na vida da atriz - que Demi Moore esteve à conversa com Diana Sawer. Demi Moore contou que, com apenas 15 anos, já ia a bares, acompanhada da mãe alcóolica, para que os homens reparassem nela. E foi nessa mesma altura, que a atriz terá chegado a casa e tinha um homem mais velho à sua espera, tendo sido abusada sexualmente. Homem este que chegou a questioná-la: "Como é que te sentes ao seres vendida pela tua mãe por 500 dólares?"

Ainda que tenha ouvido estas palavras, a estrela de Hollywood disse que acreditava ,"no fundo do coração", que a mãe não tinha tido a intenção de a vender: "Não acredito que tenha sido uma transação direta [...] Mas, mesmo assim, ela deu-lhe acesso a mim e colocou-me em perigo."

Depois de descobrir que o homem que sempre conhecera como pai, e que também tinha com problemas de alcoolismo, não era o seu pai biológico e que a abandonara, Demi Moore viveu uma infância ainda mais dura e atribulada, tendo mesmo salvo a mãe de mais do que uma tentativa de suicídio: "Lembro-me de ter colocado os meus dedos, os dedos pequenos de uma criança, na garganta da minha mãe, para tirar os comprimidos que ela tentara engolir". 

Recorde-se que a atriz foi casada três vezes, com os atores Ashton Kutcher (de 2005 a 2013), Bruce Willis (de 1987 a 2000) e Freddy Moore (de 1980 a 1985). Demi Moore tem três filhos fruto do casamento com Bruce Willis: Rumer Willis, Tallulah Belle Willis e Scout LaRue Willis.

Assista, agora, as declarações de Demi Moore na entrevista.