Cristiano Ronaldo assume fraude fiscal com pena de dois anos

Cristiano Ronaldo na Selfie!
Georgina Rodríguez e Dolores Aveiro juntas por Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo está em Portugal
Cristiano Ronaldo realiza sonho de Georgina Rodríguez

Cristiano Ronaldo deverá estar presente a 14 de janeiro no tribunal, em Madrid, para conhecer a sentença no processo por delitos fiscais.

Segundo noticia na edição online o jornal espanhol "As", o internacional português já liquidou a multa imposta pelo Fisco (pagou 13,4 milhões de euros em agosto) e estará disposto a aceitar uma pena de dois anos de prisão com pena suspensa pelos quatro delitos fiscais de que está acusado.

No entanto, o advogado do capitão da Seleção Nacional, José Antonio Choclán, estará a tentar que tal pena seja substituída por uma multa adicional de 375 mil euros.

Tal como diz a lei espanhola, Cristiano Ronaldo terá de assumir os delitos em tribunal e perante as finanças.

Recorde-se que, a acontecer, este é um desfecho semelhante ao que já aconteceu com Messi e outros futebolistas, acusados de crimes semelhantes, em Espanha.

Representado pelo mesmo advogado de CR7, Fábio Coentrão, que também jogou no Real Madrid, foi ouvido esta semana por videoconferência e terá aceite a condenação a uma pena suspensa.

O advogado estará também a tentar que Cristiano Ronaldo seja ouvido da mesma forma, garantindo que o jogador "prefere ouvir a sua sentença à distância".