urlvisit

Indignado com adoção do filho, Gonçalo Quinaz afirma: "Já estava tudo planeado pela Nereida"

Tribunal confirma a adoção do filho de Gonçalo Quinaz pelo marido da ex-companheira
Gonçalo Quinaz: «Eu não vejo o meu filho há sete anos»
Gonçalo Quinaz: «Nenhuma mãe nem nenhum pai merece estar afastado de um filho»
Gonçalo Quinaz não perde a fé de poder voltar a estar com o filho
Gonçalo Quinaz na Selfie

Nairon, filho de Gonçalo Quinaz e Nereida Gallardo, foi adotado pelo marido da espanhola, Carlos Vargas.

Gonçalo Quinaz esteve à conversa com Maria Botelho Moniz, no "Você Na TV!", sobre a adoção do filho Nairon, de sete anos, fruto da relação que teve com Nereida Gallardo.

O antigo futebolista recordou que a relação com a espanhola "já não estava bem há algum tempo", mas que, juntos, decidiram que Nairon iria nascer em Palma de Maiorca, de onde a ex-namorada de Cristiano Ronaldo é natural.

"A partir do sétimo mês de gravidez, ela já não podia viajar mais e era eu que fazia o trajeto de Faro - onde jogava, na altura, - e Maiorca", explicou Gonçalo Quinaz, que assistiu ao nascimento do filho e esteve presente nos primeiros dias de vida do menino, antes de ter de regressar ao clube de futebol.

Uma semana depois, quando regressou a Espanha, o antigo jogador de futebol diz que "notou algumas diferenças nela, situações que não compreendia" e sentiu que foi "sendo afastado" do filho.

"Ela fez o registo do Nairon sem o meu nome e sem me informar", contou Gonçalo Quinaz. "Não queria acreditar que ela o tinha feito. [...] Registou-o assim, alegando que era mãe solteira, porque, em Espanha, a política é completamente diferente daqui", lamentou o ex-futebolista, que afirma que, "a partir desse dia", foi "completamente afastado e privado de estar" com o filho.

Gonçalo Quinaz contou que tal situação o levou a mudar-se do Portimonense para o Maillorca, "para uma divisão inferior e a ganhar bem menos", na esperança de poder estar perto de Nairon. "Queria poder estar perto do meu filho, poder vê-lo diariamente e acompanhar o seu crescimento", explicou o antigo futebolista, referindo que tal lhe "foi sempre negado" e que chegou a ser "ameaçado de forma violenta".

"Acho que já estava tudo planeado", considerou Gonçalo Quinaz, referindo-se ao facto de, um mês depois do nascimento de Nairon, Nereida ter ido viver com o empresário Carlos Vargas, com quem viria a casar e que adotou o menino, sem o consentimento de Gonçalo Quinaz.

O ex-concorrente do reality show " A Quinta " afirmou que foi "apanhado totalmente desprevenido" com a adoção do filho pelo atual marido de Nereida, assim como o seu advogado. "Como é que existe um processo de adoção sem o pai biológico ser sequer notificado?", questionou o antigo futebolista, que continua a lutar por Nairon, que não vê há sete anos.

Recorde-se que Gonçalo Quinaz é, ainda, pai de Martim, de 15 anos, e de António Salvador, de um ano, fruto da relação com Pamela Augusto.

Veja, agora, os vídeos da conversa de Gonçalo Quinaz com Maria Botelho Moniz.