urlvisit

Sílvia Rizzo faz desabafo sobre violência doméstica: "Alguém não está a fazer um trabalho decente"

Sílvia Rizzo faz desabafo sobre violência doméstica: "Alguém não está a fazer um trabalho decente"
Silvia Rizzo a alta velocidade!
Sílvia Rizzo na SELFIE
Recorde as personagens de Sílvia Rizzo na ficção
"Apanha Se Puderes" com Luís Esparteiro, Helena Isabel, Felipa Garnel e Sílvia Rizzo

A atriz Sílvia Rizzo mostrou o seu apoio a uma petição para a aprovação do estatuto de vítima a crianças inseridas no contexto de violência doméstica.

Sendo uma mulher de causas, Sílvia Rizzo mostrou, através do Instagram, na terça-feira, dia 14, que apoia uma petição para a aprovação do estatuto de vítima a crianças inseridas no contexto de violência doméstica. "Existe uma lei de proteção a crianças, mas não é suficiente, eficaz!", começa por afirmar a atriz, de 52 anos, na legenda de um vídeo, no qual apela a que os seguidores assinem a petição.

"Vamos falar de crianças. Vamos falar de proteger crianças. A Francisca Magalhães de Barros [uma ativista e escritora] lançou uma petição para que se possa levar à Assembleia [da República] para se criar um estatuto de vítima de violência doméstica para as crianças que estão expostas a um ambiente de episódios violentos. Uma criança não se pode desenvolver de uma forma normal, num ambiente deste. Uma criança tem de ser protegida, tem de ser acompanhada para que o seu futuro corra da melhor forma possível, para que não tenha danos irreversíveis. Ninguém merece. Nenhuma criança merece", declarou Sílvia Rizzo, no vídeo.

A atriz ainda fez críticas à classe política: "Esta proteção, este acompanhamento e este apoio são urgentes. Nenhuma criança tem de ser obrigada a conviver com o seu agressor ou com a agressora. É fundamental que se resolva esta questão. Estamos a fazer uma petição, porque, na Assembleia, ninguém tratou deste assunto. Alguém não está a fazer um trabalho decente. Já devia ter sido feito há muito tempo. Vamos tratar e resolver, definitivamente, um assunto que é de uma extrema importância, em nome das crianças e, sobretudo, em nome de uma melhor sociedade.".

Veja, agora, o vídeo do desabafo de Sílvia Rizzo sobre violência doméstica.