urlvisit

Emocionado, Cláudio Ramos ajuda convidada e reflete: "Passamos o dia a reclamar de coisa nenhuma!"

"Big Brother": os looks de Cláudio Ramos
Cláudio emociona-se e paga equipamentos que vão mudar a vida de Marta
Marta carrega o peso da doença: «Eu sei que fiz sofrer»
Leonor, filha de Cláudio Ramos, na SELFIE
As melhores imagens de Cláudio Ramos na SELFIE

No "Dois às 10", Cláudio Ramos emocionou-se com a história de Marta Ramos que sofre de esclerose múltipla.

Depois de ouvir a história de vida da convidada, que precisa de angariar fundos para comprar um elevador para as escadas de casa, Cláudio Ramos surpreendeu ao oferecer-se para pagar os equipamentos.

"Se me permite, isto não estava combinado com ninguém, nem falei com a Maria [Botelho Moniz], pago-lhe esses equipamentos", afirmou o apresentador, visivelmente emocionado, antes de acrescentar: "Sinto-me muito privilegiado por ter uma filha com muita saúde e poder fazer este programa."

Mais tarde, Cláudio Ramos fez uma publicação no Instagram sobre o assunto. "A Marta era uma jovem saudável que, aos 21 anos, viu a vida condicionada porque a esclerose múltipla a atirou para a impossibilidade de continuar a sua vida como a pretendia e os seus sonhos como os sonhava. Viu, por conta de uma doença que pode a atingir qualquer um de nós, a vida reduzida ao seu quarto, onde, até hoje, vivia rodeada de amor por todos os lados, mas isolada e agarrada a uma cama, porque não tinha condições físicas, nem logísticas, para sair dele. Digo 'até hoje' porque é passado. As coisas vão mudar!", começou por escrever o apresentador.

"Quando se escuta a história contada com um sorriso tímido, percebe-se que não está revoltada com a doença, mas sim com o muito que lhe tirou. E tirou-lhe quase tudo. Tirou-lhe, por exemplo, a alegria de levar a filha à escola, sendo que um dos sonhos da filha era poder andar na rua com a mãe. Parece simples, não é? Andamos nós, todos os dias numa correria desumana a reclamar de tudo, inquietos com o tempo, irritados com o trânsito, frustrados com uma data de coisas que não conseguimos resolver nem relativizar e, depois, chega a Marta e diz-nos que o seu sonho era descer as escadas, sair à rua e levar a filha à escola, que quer muito passear com a mãe na rua. 'Só' passear!", acrescentou o apresentador.

No final, Cláudio Ramos mostrou-se esperançoso de que Marta e a filha "vão conseguir" e fez uma reflexão: "No muito pouco que se pode fazer há que tentar fazer qualquer coisa. Obrigado, Marta. Se não viram, puxem para trás na box e percebam a realidade da Marta, no 'Dois às 10', e entendam que, na maioria das vezes, passamos o dia a reclamar de coisa nenhuma!".

Veja, agora, os vídeos com a história de Marta Ramos.