urlvisit
EXCLUSIVO

Inês Gutierrez sobre relação com João Montez: "Acho que nos damos ainda melhor, agora"

Inês Gutierrez na Selfie
Lançamento da coleção cápsula de Inês Gutierrez
Inês Gutierrez lança marca GU.TIE.RREZ
João Montez é convidado de Inês Gutierrez na "Caixa de Mensagens"
As férias de João Montez e Inês Gutierrez

A apresentadora Inês Gutierrez contou à SELFIE como tem vivido estes tempos de pandemia Covid-19, ao lado do namorado, o apresentador João Montez, e garantiu que a relação saiu fortalecida.

Como tem lidado com esta pandemia?
Acho que todos temos lidado mal, não é? Fico muito triste com tudo o que se está a passar e nunca pensei, algum dia, viver uma situação como esta. É trágico! Agora, com plena consciência de tudo o que se está a passar, tento arranjar os meus mecanismos para gerir este contexto e lidar com tudo isto da melhor forma possível.

Acredita que a pandemia veio tornar as pessoas mais conscientes?
Muitas delas, creio que sim... Eu, pelo menos, estou. Esta pandemia obrigou-nos a parar, a desacelerar, a refletir, a testar os nossos limites, a valorizar a partilha, os nossos e a vida.

Alguns especialistas defendem que a pandemia tem o poder de unir ainda mais os casais ou levá-los ao divórcio. Como tem sido no seu caso?
[Risos] Desde o início que digo isso. Das duas uma: ou vai aumentar a taxa de natalidade ou a taxa de divórcio! Não estou grávida, nem me vou divorciar, mas vou sair desta pandemia com uma prova de fogo superada. Sem dúvida! Aliás, acho que acaba por ser um teste para muitos casais: são muitas horas debaixo do mesmo teto, a partilhar o mesmo espaço e com os dissabores característicos de uma crise pandémica. No meu caso, eu e o João [Montez] já estávamos habituadas a estar muito tempo juntos: trabalhamos no mesmo canal, com a mesma profissão, muitas vezes, nos mesmos programas... e, ainda, trabalhamos muito em casa, também! Por isso, o choque talvez não tenha sido tão grande como para outros casais. Mas acho que nos damos ainda melhor, agora. É aprender a respeitar o espaço de quem vive connosco, aceitar que somos pessoas diferentes, com vontades diferentes e que não há mal nenhum nisso. É encontrarmo-nos na diferença.

O João confessou, recentemente, à SELFIE, que o sonho de terem filhos pode já não estar tão longe de acontecer... É um projeto a curto-prazo?
Curto-prazo... não diria. É uma vontade nossa, mas não para já. Estamos focados na nossa vida profissional e essa é a nossa prioridade, nos próximos tempos.

E casar, seria antes ou depois de serem pais?
Sinceramente, nunca sonhei com esse dia. Acho que vou reservar isso para as surpresas da vida! Tem mais graça assim...

Quais os mais recentes projetos em televisão?
Estreei, há umas semanas, a minha nova rubrica, "Os Super-Avós, inserida no programa da manhã, da TVI, "Dois às 10". Comecei uma nova aventura, com colegas que admiro muito e com um conceito proposto por mim. Quem tem avós, tem tudo: mimam-nos, ensinam-nos, fazem-nos companhia. Por isso, é mais do que merecido uma rubrica dedicada aos avós de Portugal. Estou a desafiá-los a usufruírem de experiências jovens, modernas e divertidas, levando-os à juventude dos dias de hoje, e fazendo, assim, uma bonita homenagem aos super-avós do nosso país.