urlvisit

Cláudio Ramos elogia Ana Guiomar: "Um caminho que nem sempre foi fácil"

As melhores imagens de Cláudio Ramos na SELFIE
Cláudio Ramos vacinado contra a Covid-19: veja as imagens!
Após 14 anos de namoro, Ana Guiomar e Diogo Valsassina estão noivos e atriz acaba em lágrimas
As melhores imagens de Ana Guiomar, na SELFIE
Após 14 anos de namoro, Ana Guiomar e Diogo Valsassina ficam noivos

Foi através de uma publicação no blogue pessoal que Cláudio Ramos decidiu escrever um longo e elogioso texto a Ana Guiomar.

"Elogio à Ana Guiomar" é o nome do texto publicado pelo apresentador, no qual enaltece a atriz, tecendo rasgados elogios e destacando o papel de Ana Guiomar na novela "Festa é Festa" e na peça de teatro, atualmente em cena, "Amigos Perfeitos": "Tem a Ana Guiomar um sentido de humor que absorve tudo à volta e deixa, no ar, a frescura que se precisa, quando os dias que vivemos se mostram cinzentos. Para mim, a Ana está ali no top três das atrizes mais multifacetadas da sua geração e escrevo isto no dia em que acabo de a ver no teatro com a peça 'Amigos Perfeitos' [...] Agora, estou a ver a Ana Guiomar na novela 'Festa e Festa', numa Aida tão diferente de si mesma, mas tão igual a tantas 'Aidas' que conhecemos a cada esquina e, no intervalo, ainda lhe vejo um registo diferente nos comerciais que faz. A isto chama-se multifacetada e é o que ela é, mas não é por acaso, porque tudo o que vi dela, até agora, – do mais simples ao mais complexo – acrescentou-lhe talento e alma em várias camadas."

"Não sei como o faz. Nunca lhe perguntei, nem sei se isso me importa, porque o que me importa de uma artista é que ela me passe a emoção que preciso sentir no momento em que estou a ver alguma coisa. [...] Também nunca lhe perguntei, mas estes louros que recebe agora, em que a maioria lhe acha graça, devem ser fruto de um caminho que nem sempre foi fácil, porque hoje é muito bonito dizer-se que ‘somos todos iguais para lá as curvas’ que ‘temos de aceitar o corpo como o temos’ e trinta por uma linha, mas a verdade é que os muitos que apregoam essa lindas retóricas são os mesmos que decidem sobre coisas importantes na carreira de artistas que ficam pelo caminho, porque, naquele momento, a teoria fica bem, mas a prática passa a ser outra", continuou.

"Vivemos num mundo onde, muitas vezes, vale mais parecer do que ser e a fatura que se paga é altinha, quando se é o que se parece. [...] Não é de hoje que reconheço talento à Ana Guiomar, mesmo quando muitos dizem que tem um feitio complicado, eu acho que ela ‘apenas’ luta por aquilo que quer, quando quer e quando consegue. Não o faz só para ela, mas para uma classe inteira que muitas vezes se vê vergada a circunstâncias que não quer, mas que aceita porque não tem outro remédio. Gosto disso!", acrescentou.

"Esta minha divagação vai mesmo para a elogiar, descaradamente, e sem nenhum problema, o papel de Aida, que faz ao Lado de Pedro Teixeira, na novela 'Festa é Festa' não tenho pudor algum em elogiar as pessoas, em aplaudir de pé, em reconhecer publicamente que me prendem e me emocionam. [...] Ninguém é só uma coisa e, se num papel destes a Ana Guiomar consegue mostrar – ao ponto de emocionar – o outro lado de uma personagem cómica, é porque tem de ser uma grande atriz. Tenho dito!", rematou.