urlvisit

Cláudio Ramos vive dia com "o sabor do amor": "Esta é a imagem que me fica"

As melhores imagens de Cláudio Ramos na SELFIE
Helena Coelho e o namorado reagem às palavras de Cláudio Ramos
Cristina Ferreira "muito orgulhosa" de Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz
Leonor, filha de Cláudio Ramos, na SELFIE
Cláudio Ramos na SELFIE

Após ter vivido um dia único, o apresentador Cláudio Ramos partilhou uma mensagem emotiva, nas redes sociais.

A passada sexta-feira, dia 25, foi especial, para Cláudio Ramos: no programa "Dois às 10", foi apresentada uma reportagem que contava a história de amor entre Margarida, uma amiga de infância de Cláudio Ramos, e um padre.

No Instagram, o comunicador, de 47 anos, fez um balanço sobre como esta história foi recebida pelos espetadores. "Saí de casa hoje, ainda não eram sete da manhã. Cheguei, agora. Já passa da meia-noite. Saí do programa e fui ao Alentejo. Fui à minha vila e voltei a Lisboa. Amanhã, trabalho. Foi um dia bonito… e esta é a imagem que me fica. A imagem do abraço nervoso e carinhoso da Margarida, que conheço, desde que éramos crianças. Brincámos juntos. Estudámos juntos. Crescemos juntos… até ao dia em que, há 20 anos, a Margarida se apaixona pelo Padre Teotónio. Escolheram viver o seu amor. Sem pecados, nem culpa. Escutaram de tudo. Falou-se muito. Apontou-se o dedo. Hoje, pela primeira vez, aceitou contar a história e mostrar que são felizes com quatro filhos e uma neta", começou por escrever Cláudio Ramos, na legenda de uma fotografia desse abraço.

"Na minha vila, durante o dia, toda a gente me falava da Margarida ou da 'Belinha', como muitos a conhecem, lá. A filha da Bia. Tenho o meu telefone cheio de mensagens dedicadas ao casal a elogiarem a coragem e a enaltecerem a forma bonita, como contou 20 anos depois. Acho que, finalmente, hoje muitos os entenderam", acrescentou.

O apresentador aproveitou para deixar uma mensagem de agradecimento: "Por isso, tinha de vir aqui agradecer a cada um de vocês, que dedicou um pouco do tempo a conhecer a história de amor de uma menina, sem tempo para sonhos, que se apaixonou pelo padre da vila. A menina era minha amiga de infância. O padre era o da minha igreja."

"Que o vosso fim de semana tenha o sabor do amor, como aquele que sentimos hoje de manhã no "Dois às 10". Enquanto a televisão me fizer sentir isto, vai fazer-me sempre sentido. Obrigado", completou.

Veja, agora, a imagem do abraço de Cláudio Ramos à amiga de infância, na galeria de fotografias que preparámos para si.