urlvisit

Vasco Palmeirim declara-se à mulher: "É o meu porto de abrigo"

Vasco Palmeirim: «Ela é pessoa certa, é o meu porto de abrigo»
Tiago Bettencourt surpreende Vasco Palmeirim
Vasco Palmeirim: «É uma pena que a rádio tenha perdido essa magia»
Equipa da Rádio Comercial surpreende Vasco Palmeirim
Vasco Palmeirim lança nova canção de Natal, com a participação de Goucha
Vasco Palmeirim esteve um mês a preparar a canção de natal

O apresentador Vasco Palmeirim marcou presença no programa "Dia de Cristina" e aproveitou para deixar alguns elogios à mulher, Bárbara Magalhães.

Numa entrevista emotiva, Vasco Palmeirim falou sobre a vida pessoal, nomeadamente sobre o amor que o une à mulher, Bárbara Magalhães, com quem está casado há dois anos e de quem tem dois filhos: Tomás, de quatro anos, e Matias, de seis meses.

O apresentador, de 41 anos, começou por sublinhar que o casal concorda que é importante preservar a vida privada: "Ela trabalha em televisão, conhece todo este mundo. [...] O facto de eu estar, agora, bem e conseguir trabalhar muito bem deve-se à Bárbara. É o meu porto de abrigo. Ela sabe o que isto [trabalhar em televisão] custa e percebe que é preciso resguardar o lado familiar. Ela é a pessoa certa. Percebe o que é trabalhar em televisão, mas também me faz não esquecer do outro lado, da família."

Vasco Palmeirim recordou, ainda, o nascimento do filho mais novo, em maio, já no decorrer da pandemia: "Assisti ao parto. Fiz o teste [para saber se tinha coronavírus]. Foi numa altura, no início de maio, em que, apresentando um resultado negativo, podia estar presente no parto. Mas, depois, estive quatro dias, no quarto do hospital. Não pude sair."

O, também, radialista confessou que os primeiros meses de vida de Matias têm sido "muito difíceis": "Até em termos físicos. Dormir, lá em casa, tem sido um... mistério. O primeiro [filho] já foi difícil. E, agora, que o primeiro já 'atinou', vem o segundo... É muito complicado dormir."

Veja, agora, na íntegra, a entrevista de Vasco Palmeirim, no programa "Dia de Cristina".