urlvisit

Iva Domingues recorda luto pela morte do pai: "Com 17 anos, tive uma depressão e esgotamento"

Conta-me
Iva Domingues partilha novidade "comovente" da filha: "Estive a digerir até agora"
Com a mãe, Iva Domingues desfila elegância em Nova Iorque
Iva Domingues na SELFIE
Veja os looks de Iva Domingues em "A Tarde é Sua"

A apresentadora Iva Domingues teve uma conversa emotiva com Fátima Lopes, no programa "Conta-me".

Na emissão deste sábado, dia 9, do programa "Conta-me", Iva Domingues falou sobre a vida pessoal e profissional. Um dos momentos mais emotivos desta conversa com Fátima Lopes aconteceu, quando a apresentadora, de 44 anos, recordou a morte do pai. 

"Mudei muito. Nunca mais fui tão alegre. Era muito revoltada, triste, canalizei muito para o estudo. O meu escape foram os estudos. Queria provar que ia ser uma excelente aluna, mesmo sem a presença do meu pai, que me ajudava bastante nos estudos. Queria lhe provar que era capaz", começou por afirmar Iva Domingues, que perdeu o pai, aos 13 anos.

No entanto, foi apenas aos 17, quando estava no Ensino Secundário, que a comunicadora enfrentou sérios problemas de saúde mental.

"Não fiz o luto, na altura, porque não podia. Então, com 17 anos tive uma depressão, acompanhada por um esgotamento grave. Fui vista por vários médicos e tive de deixar a escola. Não podia ter qualquer atividade intelectual", afirmou.

Iva Domingues sublinhou, ainda, que esteve "nove meses sem poder ligar a televisão, ouvir música e pegar num livro": "Não podia exercitar em quase nada a cabeça, foi medicada". Para a apresentadora, a mãe foi o seu grande apoio.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista de Iva Domingues, no programa "Conta-me".