urlvisit

Quintino Aires sobre a sexualidade: "A maioria de nós pode realizar-se com homens, ou com mulheres"

Foi durante a rubrica "Consultório do Quintino", no "Você Na TV", que Quintino Aires defendeu a bissexualidade como "a condição mais frequente na espécie humana".

Uma telespetadora mostrou-se preocupada com a orientação sexual da filha e colocou uma questão ao psicólogo, sobre a forma como deveria reagir à bissexualidade da filha e entender melhor a orientação da jovem. Quintino Aires explicou que "a maioria de nós pode realizar-se com homens, ou com mulheres".

"Ao entrar num relacionamento amoroso, há sempre um risco de sofrimento e, portanto, o seu coração ia sofrer na mesma, independentemente da orientação sexual dela. Claro que aquilo que menos conhecemos assusta mais", começou por explicar.

Mais à frente, disse : "Curiosamente, a bissexualidade é a condição mais frequente da espécie humana [...] Tem a ver com os sentimentos e o afeto, onde nós nos realizamos".

"Há quase 100 anos que sabemos que a maioria de nós pode realizar-se com homens, ou com mulheres", acrescentou, defendendo, também, que é possível a bissexualidade ser uma "defesa" de quem tem receio de assumir a homossexualidade.