Príncipe William fala sobre saúde mental: "Entrei lentamente num caminho depressivo"

Príncipe William visita o Royal London Hospital
Príncipe William e Kate Middleton visitam crianças no Evelina London Children’s Hospital
Príncipe William e Kate Middleton em visita ao Chipre
Kate Middleton e príncipe William em Wimbledom

O duque de Cambridge participou no Fórum Económico Mundial, em Davos, no qual realçou a importância de se falar sobre a saúde mental e assumiu a luta pessoal contra problemas psicológicos.

O duque de Cambridge falou da importância de acabar com o estigma em volta da saúde mental e contou a própria experiência, quando se sentiu a "entrar lentamente num caminho depressivo",  que "nunca teria ultrapassado" se não tivesse falado com os amigos sobre a situação.

"Teria entrado lentamente num caminho depressivo", admitiu, visivelmente emocionado, sem especificar do que se tratou, mas revelando estar relacionado com os filhos, George, de cinco anos, Charlotte, de três e Louis, de nove meses.

O príncipe William, que trabalhou a serviço do socorro aéreo entre 2015 e 2017, lamentou, ainda, que "tantas pessoas sofram em silêncio". 

O duque de Cambridge contou também que, há três anos, quando estava a lançar uma iniciativa de recolha de fundos para a saúde mental, todas as celebridades contactadas se recusaram a dar apoio, pois não queriam ser associadas a problemas mentais. "Era o elefante na sala", referiu acerca do estigma em torno do problema que o levou, em 2017, a criar a iniciativa Heads Together com a mulher, Kate Middleton, e o irmão, o príncipe Harry.

Veja o vídeo com a conferência em que o príncipe Wiliam participou.