Georgina Rodríguez quebra o silêncio: "Estou destroçada. O Cristiano está a tomar conta de mim"

Ao lado de Georgina Rodríguez, Cristiano Ronaldo assiste a jogo em Alvalade
Ao lado de Georgina Rodríguez, Cristiano Ronaldo assiste a jogo em Alvalade
A coleção de carteiras de luxo de Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo comparece em Tribunal ao lado de Georgina Rodríguez
Georgina Rodríguez encanta o mundo ao homenagear cultura islâmica

Numa entrevista à revista Hola, Georgina Rodríguez falou, pela primeira vez, sobre a morte do pai e confessou que Cristiano Ronaldo tem sido um pilar fundamental, nesta fase difícil.

A espanhola, que perdeu o pai poucos dias depois de celebrar o 25.º aniversário, na Argentina, revela que está a passar por um momento difícil, admitindo que tem em Cristiano Ronaldo o maior apoio. 

"Estou destroçada. O Cristiano está a cuidar de mim nestes momentos de tristeza", afirmou a mãe da pequena Alana Martina, que esteve nos últimos dias em Portugal, onde assistiu ao jogo Sporting-Benfica, no estádio José Alvalade.

Ao longo da entrevista, que aconteceu no apartamento de CR7 na Avenida da Liberdade, em Lisboa, a bailarina descreve, ainda, como viveu os últimos dias de vida do pai. "É muito duro dizer adeus à figura que te ama, que te apoia, te protege, te anima e te aconselha. Perder esse grande amor é algo que te parte por dentro. Não há palavras que expressem este sentimento, tal como não há palavras que nos consolem. Toda a família está a sofrer. É uma dor que chega a ser física", revelou.

Georgina garantiu que, apesar da dor, se sente tranquila por saber que o pai descansa em paz: "Dávamos tudo para o ter de volta. Mas não doente… são. Nem que fosse um dia ou uma hora, para conversar. Para poder agradecer tudo o que fez por nós. Fizemos tudo isto, mas como ele doente, com o cérebro afetado. Ouvia-nos e respondia, mas, por vezes, estava no seu próprio mundo. Somos tão jovens para o perder. Tínhamos muito por viver… Sabemos que ele nos vai proteger de qualquer mal e que nos vai proteger".

Entretanto, o casal regressou a Turim, Itália, antes do dia do 34.º aniversário de Cristiano Ronaldo, que se celebrou na terça-feira, dia 5.