Jessica Athayde desabafa: "Penso nos velhotes que estão a passar por isto sozinhos"

Jessica Athayde na Selfie
Será este o vídeo mais ternurento do filho de Diogo Amaral e Jessica Athayde?
Jessica Athayde fala da maternidade: «As prioridades mudam por completo»
Jessica Athayde partilha imagens inéditas do pós-parto: "Chorava ele e chorava eu"
Jessica Athayde partilha fotografias raras do pai

Foi nas redes sociais que Jessica Athayde deixou um desabafo sobre a situação que o mundo vive, no combate à pandemia Covid-19, mostrando-se preocupada com os idosos.

Recordando uma produção fotográfica que fez antes da chegada do vírus que assolou o mundo, a atriz confessou que "estava longe de imaginar que estaríamos de quarentena, que o mundo estaria de pernas para o ar, que pessoas estariam doentes e a morrer e que não poderíamos abraçar nem beijar nem chegar perto de quem nos apetecesse".

"Tenho momentos em que fico feliz de os meus avós já não estarem presentes para terem de viver isto. Sei bem qual seria a reação da minha avó Fernanda, não ia respeitar nada disto e mandaria todos à merda no mesmo instante (mas foi uma rebelde até ao fim da sua vida)", começou por contar, mostrando a sua preocupação para com os idosos que se encontram sozinhos nas suas casas", continuou.

"Todos os dias penso nos velhotes que estão a passar por isto sozinhos. Se para nós já é um desafio grande, mesmo tendo a tecnologia que nos permite estar minimamente perto, a solidão para eles deve ser enorme e o pior é que não existe nada que possamos fazer. Ou existe? Ainda bem que ainda existe televisão", concluiu, mostrando-se preocupada com os idosos, que integram um dos grupos de maior risco.

Recorde-se que Jessica Atahyde encontra-se em casa, com o filho, Oliver, a cumprir a quarentena, seguindo as recomendações da Direção Geral de Saúde e as direções do governo.