Rita Ferro Rodrigues responde a acusações de Maria Vieira: "Faça sexo, não fofoca"

Rita Ferro Rodrigues

Foi através das redes sociais que a apresentadora respondeu às duras acusações de Maria Vieira.

"Há pessoas que são CAPAZES de tudo para sacar dinheiro aos otários e esta moça, como se não lhe tivesse chegado subtrair mais de 73 mil Euros à UE, com o apoio e patrocínio do PS, para dizer coisas sobre a 'Ideologia de Género' (seja lá o que isso for) investiu forte e feio na venda de cursos de 'Feminismo' a 120 Euros por cabeça (cabeças ocas, seguramente) e assim tentou ganhar a vida à custa da pobreza de espírito alheia! Não tarda nada, esta moça deveras empreendedora ainda vai criar uma universidade patrocinada pelos contribuintes portugueses onde se vão ministrar cursos de 'Idiotismo', de 'Cretinismo', de 'Inutilismo', de 'Parasitismo', de 'Aldrabismo', de 'Socialismo' e de 'Comunismo' e se calhar até vai enriquecer à custa desses 'ismos' todos... ou então, não!", escreveu Maria Vieira, nas redes sociais, referindo-se a Rita Ferro Rodrigues.

Depois de a atriz ter posto em causa as contas do projeto Capazes, presidido por Rita Ferro Rodrigues, foi emitido um comunicado, no qual pode ler-se: "Todos os projetos financiados por fundos comunitários são fiscalizados pela entidade reguladora, procedimento previsto na legislação e a que todas as entidades são sujeitas. Gostaríamos de afirmar (mais uma vez) que a presidente das Capazes – Rita Ferro Rodrigues – não aufere qualquer remuneração nem pleno exercício do cargo na Associação das Conferências dos Clubes Capazes, parte integrante dos projetos da nossa Associação."

Indignada, Rita Ferro Rodrigues respondeu, também, à atriz com um texto sugestivo: "Faça sexo, não fofoca. É que é tão melhor! Inventar boatos, notícias falsas e fazer fofocas sobre a vida de outras pessoas, além de engordar, estupidifica. Tudo para a caminha fazer amor e vão ver como o mundo melhora."