Após pedido de Trump ser ignorado, Rapper A$AP Rocky vai continuar preso e ser julgado na Suécia

Rapper A$AP Rocky

Continua a polémica em torno da detenção do rapper norte-americano A$AP Rocky, que vai mesmo ser julgado por uma acusação de agressão na Suécia a partir de 30 de julho.

O rapper norte-americano A$AP Rocky foi acusado de envolvimento numa luta de rua no centro de Estocolmo no mês passado.

Conhecido pela canção "Praise the Lord", o artista de 30 anos, cujo nome verdadeiro é Rakim Mayers, foi detido há três semanas e, desde então, tem-se declarado inocente da acusção que lhe pode valer uma pena de até 2 anos na prisão.

Entretanto, mais de meio milhão de pessoas, incluindo artistas como Nicki Minaj e Post Malone, assinaram uma petição na internet pedindo que ele seja solto sob fiança.

Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu ao primeiro-ministro sueco, Stefan Lofven, para libertar Mayers e disse que se responsabilizaria, pessoalmente, pela fiança.

Contudo, a Suécia não tem um sistema de fianças, e Lofven disse que não influenciará o caso do rapper.

Recorde, agora, alguns dos sucessos do rapper.