urlvisit

Ágata fala sobre polémicas nos bastidores das Doce

Ágata reage à polémica das Doce sobre o filme «Bem Bom»
Ágata sobre as Doce: «Fiquei um bocado sentida, até hoje»
Ágata na Selfie
Ágata no "Conta-me Como És"

A cantora Ágata integrou as Doce durante dois anos, mas nem tudo correu bem nesta experiência.

Ágata esteve no "Você Na TV!" a falar sobre o passado na banda Doce e revelou as guerras de bastidores da girlsband.

A 25 de junho de 2020 estreia o filme "Bem Bom", que retrata o percurso da banda, e Ágata não ficou contente com o facto de ter ficado de fora da história do grupo formado por Teresa Miguel, Helena Coelho, Laura Diogo e Fátima Padinha.

Conforme explicou a Manuel Luís Goucha, Ágata foi convidada a fazer parte da banda em duas ocasiões: entre maio e outubro de 1985 para substituir Lena Coelho, durante a gravidez da cantora e, na fase final da banda, após a saída de Fátima Padinha.

"Entrosei a 100% quando entrei para o grupo", contou a cantora, que confessou ser fã do visual da banda e as criações de Zé Carlos que vestiam em palco. 

De seguida, a cantora esclareceu que não ficou triste, mas sim "admirada" por não ter sido incluída no filme: "Fiquei admirada por ninguém ter falado comigo."

Já sobre as colegas da banda, Ágata assegura que continua a manter contacto com algumas delas, com exceção de Laura Diogo: "Essa era a que cantava menos do grupo e era a mais problemática, que arranjava sarilhos e mais problemas entre todas. [..] Era uma nariz empinado, mal educada e tinha a mania que mandava em todas."

"Vim eu também com aquela cor de cabelo [loiro] para baralhar as pessoas com aquele boato horrível que inventaram sobre a Laura [referindo-se ao escândalo que envolveu o jogador do Benfica, Reinaldo]", continuou Ágata, antes de descrever uma situação que fez com que a relação com Laura Diogo atingisse o ponto de rutura: "As Doce foram convidadas para irem aos Estados Unidos e a Laura disse que eu e o técnico não tínhamos Visto e, por isso, não podíamos ir. Fiquei muito aborrecida e fui falar com o Tozé Brito. Quando a banda regressou, tiveram que me dar a minha parte do cachet."

Depois disso, Ágata passou a viajar no carro próprio, ao invés de ir com as colegas na carrinha, e o culminar foi o facto de a banda ter ido à televisão e não a terem contactado: "Fiquei muito sentida por terem ido à televisão e não me convidarem. Levaram um crachá ao peito a dizer Fa [Fátima Padinha]. Podiam ter-me dito e íamos as quatro. [...] Na passagem de ano, iam à televisão e eu não apareci. O grupo terminou quando eu saí."

Veja, agora, os vídeos com as revelações de Ágata no "Você Na TV!" e recorde alguns dos sucessos das Doce.