Manuel Luís Goucha: "Foi-me diagnosticada uma embolia pulmonar ligeira"

Nas redes sociais, Manuel Luís Goucha emitiu um esclarecimento sobre o seu estado de saúde, de forma a evitar que a notícia seja "empolada" e até "explorada".

Manuel Luís Goucha
Manuel Luís Goucha

No Facebook, o apresentador do "Você Na TV" explicou que lhe foi diagnosticada uma embolia pulmonar ligeira e que deverá ter alta dentro de 48 horas.

"Para quantos gostam de mim! Por respeito para quantos gostam de mim escrevo estas linhas, antecipando-me a notícias que sei estarem para sair, sobre o meu estado de saúde e que inevitavelmente vão usar do excesso e da especulação. Na passada quinta feira, preparando-me para uma viagem de férias que teria início no dia seguinte, senti uma forte dor nas costas que, associada a alguns sintomas não habituais de cansaço que na altura fui atribuindo ao excesso de horas de trabalho, me deixou alarmado, pelo que recorri às urgências do Hospital dos Lusíadas. Devidamente acompanhado pelo meu bom amigo Dr. Ângelo Ferreira e pela equipa de médicos e enfermeiros de urgência fui cuidadosamente assistido. Exames feitos, foi-me diagnosticada uma embolia pulmonar ligeira, repito ligeira. Por questões de vigilância e segurança permaneci dois dias na Unidade de Cuidados Intensivos, dos quais saí ontem para um quarto onde me vou manter por mais dois dias em vigilância. A alta está prevista para dentro de 48 horas prosseguindo então com as minhas férias, como estava previsto até dia 14. Digamos que as férias começaram de forma diferente, porém não original, que se bem se lembram há seis anos também em vésperas de férias, aqui vim parar de urgência para ser operado à vesícula! Aproveito para agradecer uma vez mais o cuidado com que fui tratado por quantos trabalham no Hospital Lusíadas. Espero que compreendam os motivos que me levaram a esta publicação que mais não é que um correto esclarecimento de uma situação que, sei, irá ser empolada e até explorada por alguma comunicação social. Compreendo que este tipo de notícias venda mas sou dos que gosta de se dar aos outros apenas no seu melhor. É isso que faço e continuarei a fazer junto dos que aqui me seguem e através da televisão. Aceito grato tudo o que a Vida me dá, até os momentos menos agradáveis, mas estes que impliquem dor, sofrimento, fragilidade ou doença considero-os muito íntimos e por isso não partilháveis. Regressarei ao trabalho dia 14, tal como estava previsto, e ainda por cima com uma surpresa. Prepare-se! Sentado no sofá do meu quarto vou escrevendo para o meu blogue. Se quiser vá lendo os meus textos, olhe que nada têm a ver com maleitas. abraço para todos! E até dia 14. Com brinde!", pode ler-se.

Relacionados