Pedro Chagas Freitas sobre acidente mortal: "E de repente tudo acaba"

As imagens do acidente que fez um morto e quatro feridos na A1
Pedro Chagas Freitas na Selfie

A tragédia que decorreu, no passado sábado, dia 6, na A1, foi testemunhada por Pedro Chagas Freitas, que fez questão de lamentar o sucedido, na página de Facebook.

Três viaturas estiveram envolvidas num desastre de automóvel na A1, que provocou uma vítima mortal, um ferido grave e outros três feridos ligeiros. A vítima mortal era uma mulher, de 44 anos, que ia assistir a um jogo do filho, jogador do Sporting Clube de Braga. O ferido em estado grave trata-se do pai do mesmo jovem futebolista.

Um drama que invadiu o jogo entre o Braga e o Benfica, a contar para a fase final do Campeonato Nacional de Juniores, e não deixou Pedro Chagas Freitas indiferente. 

"Vi-a minutos antes, na autoestrada. Era só mais um carro que passava pelo meu. Ela a caminho de ver o filho jogar futebol no Seixal. Eu a caminho de uma apresentação em Alcobaça. E uns quilómetros depois a chapa amolgada, os vidros espalhados pelo chão. E de repente nada. E de repente tudo acaba. Que pulhice. Que merda", começou por escrever.

"Por isso aproveitem tudo. Tudo. Rapem o tacho. Todos os dias, a toda a hora. Mesmo que custe, e custa tantas vezes. Mesmo que doa, e dói tantas vezes. Rapem o tacho. Já. Agora. Imediatamente. [aqui fica um abraço apertado para a família enlutada]", concluiu, mostrando-se solidário para com a família da vítima. 

A queda de granizo foi apontada como a principal causa do despiste.