José Castelo Branco lamenta morte do irmão: "Foi um herói"

No Instagram, José Castelo Branco partilhou a notícia da morte do irmão e mostrou-se devastado com a perda.

"Esta mensagem é para todos vós, para pedir as vossas orações pela alma do meu irmão", começou por dizer o socialite que se estava a prepara para ir a um evento, quando recebeu a notícia: "Estou eu vestido, pronto para ir para um jantar de caridade e recebi a notícia de que o meu irmão. Viajou..."

"Senti o conforto de que ele está bem, porque viajou, exatamente, no dia em que fez sete anos que a minha mãe [partiu]. A vida é assim", lamentou José Castelo Branco, antes de afirmar: "O meu irmão foi um homem de muito poder, foi um herói e dizia sempre: 'Vou morrer calçado.' E, realmente, morreu calçado. Paz à sua alma. Mano Sérgio, dou-lhe um grande beijo."

Mais tarde, José Castelo Branco partilhou um outro vídeo, no qual confessou: "Estou com o meu coração a sangrar, mas tenho agora um trabalho e estive a retocar-me para ir… Às vezes, é como os palhaços, estamos a chorar por dentro mas temos que sorrir. Os nossos olhos choram, mas o nosso coração sangra."

No final, José Castelo Branco contou como homenageou o irmão: "Despejei champanhe numa planta, numa terra, cumpri a tradição. E não me quero despedir. Irei aí despedir-me com a dignidade que o mano merece. É um herói, foi o meu herói e foi o herói de um povo. E quem não entender, lamento."

VEJA MAIS