As imagens da noite de Cristiano Ronaldo e Kathryn Mayorga

Kathryn Mayorga encorajada pelo movimento #metoo ?
Defesa de Kathryn Mayorga acusa Ronaldo de 11 crimes

As imagens da noite que conduziu às alegações de abuso sexual contra Cristiano Ronaldo já têm dado que falar.

O vídeo - no qual vemos o craque português e a norte-americana, num espaço noturno, em Las Vegas, momentos antes da alegada violação - gerou inúmeras opiniões e há quem defenda o jogador.

Recorde-se que as acusações são referentes a junho de 2009, ainda que, agora, tenham sido revelados mais pormenores do caso. Kathryn Mayorga, de 34 anos, deu uma entrevista à revista alemã "Der Spiegel" em que afirma que, na altura, num hotel em Las Vegas, Cristiano Ronaldo a obrigou a praticar sexo anal, e que lhe terá pago a quantia de 325 mil euros pelo silêncio da jovem. 

O craque português negou as acusações e veio, recentemente, a público mostrar-se indignado com as acusações de que é alvo. foi através das redes sociais que o jogador respondeu a uma questão de um fã, negando veemente as acusações: "Não, não, não, não, não. O que eles disseram hoje? Fake, fake news".

Cristiano Ronaldo foi ainda mais longe e retorquiu: "Querem promover-se à custa do meu nome. É normal. Querem ser famosos à custa do meu nome. Faz parte do trabalho".

Entretanto, os representantes legais da ex-modelo norte-americana já comentaram o caso e divulgar am mais pormenores. Os advogados chegaram mesmo a  a acusar o craque de 11 crimes e disseram, ainda, que, na altura, a cliente informou que o futebolista português seria o alegado agressor, ainda que, atualmente, se diga que o nome de Cristiano não estivesse em cima da mesa.